Vice-presidente do PCdoB é atacado por Folhetim

Publicidade
A injúria, a calúnia e a difamação parecem contumazes em incertas páginas da internet. É o caso do auto-intitulado Maranhão de Verdade.

Neste 03 de novembro, a página publicou a espalhafatosa manchete "Vice-presidente do PCdoB do Maranhão pode ter fraudado exame de ordem da OAB". O rosário de veneno está só começando.

Numa conta, vem documentos para lá de públicos mas que foram colhidos com "exclusividade".

Noutra conta, depois do primeiro terço, o Analista do Maranhão de Verdade, irmão gêmeo desconhecido do famoso, de Bagé, faz um arrazoado sobre o edital, e destaca, mas sem colocá-lo na íntegra, induzindo ao leitor que todos os portadores de necessidades especiais terão um mesmo tipo de tratamento especial.

No terceiro terço vem o grand finale, de fazer inveja ao maior de todos os pintores de rodapés: "É no mínimo estranho, declarar-se portador de necessidades especiais em um exame de ordem, quando não se tem nenhuma deficiência…".

Para encerrar, a jaculatória. A fotinha do condenado sem, sequer, ser ouvido: Egberto Magno dos Santos de Jesus.

Desta foto, o leitor pode tirar uma conclusão óbvia. Egberto é canhoto. E como tal, teve o privilégio, concedido pela OAB, para os que se declaram esquerdista de alma, coração e mão, de uma carteira onde o apoio é para o lado oposto aos destros.

Nossa, editor, para que uma foto desse tamanho? É para mostrar que Egberto é canhoto!
Nossa, editor, para que uma foto desse tamanho? É para mostrar que Egberto é canhoto!
Mas, para que perguntar ao Egberto sobre o motivo da figuração da condição de especial na lista da OAB? Afinal, quem paga a prata dita o tom. Ou então, o Maranhão de Verdade seria destes folhetins tão baratos, daqueles que nem precisam de prenda mesmo para quem tem renda... nem um cinema, ou botequim. Basta a pedra, digo, a informação falsa!

Nota do editor da Aldeia: Uma 'cabeluda' dessas tem de ir para a editoria de Internacional! Foi...


Publicidade

Publicidade