Ifma tem 5 campi ocupados

Publicidade
O Instituto Federal do Maranhão (Ifma) informa que os Campus Alcântara, Pinheiro, São Luís – Centro Histórico, São Luís – Maracanã e São Luís – Monte Castelo estão ocupados por estudantes em protesto contra a PEC 55 (nova numeração recebida pela PEC 241 no Senado), a reforma do Ensino Médio e o projeto “Escola sem Partido”.

Quatro dos campi ocupados são locais de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem), que será realizado nos dias 5 e 6 de novembro. A aplicação do exame será cancelada apenas nos campi Pinheiro e São Luís – Maracanã. Em Alcântara e São Luís – Monte Castelo, as ocupações não vão acarretar prejuízo para a aplicação do exame, de acordo as lideranças estudantis e os diretores dos Campus.

Veja, abaixo, a situação de cada campus do Ifma

Campus Alcântara
Os alunos decidiram por uma mobilização sem paralisação das aulas. No espaço, estão sendo discutidos os temas que motivaram as ocupações das escolas e institutos no país, além da realização de atividades culturais.

Campus Pinheiro
A ocupação teve início no dia 26 de outubro. A atividades administrativas estão funcionando, a fim de manter o mínimo de atividades no campus. Já as aulas foram oficialmente paralisadas na última segunda-feira (31). No fim da tarde desta terça-feira (1º), os estudantes decidiram em assembleia não permitir o acesso ao campus para a realização das provas do Enem nos dias 5 e 6 de novembro.

Cerca de 350 candidatos fariam a prova em 10 salas reservadas para a aplicação do exame. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os candidatos que fariam o Enem nos locais de prova cancelados devido às ocupações deverão prestar o exame nos dias 3 e 4 de dezembro.

Campus São Luís – Centro Histórico
A sede do Campus continua ocupada pelos estudantes, sem previsão de quando vão encerrar o movimento. Por essa razão, as aulas dos cursos técnicos e superiores estão suspensas. Algumas atividades, como protocolo e coordenações de cursos, permanecem sendo desenvolvidas na unidade.

Além da sede, o Campus possui dois núcleos: o Núcleo Itaqui-Bacanga e a Unidade Remota São José Operário (CESJO), nos quais as atividades administrativas e docentes ocorrem normalmente.

Campus São Luís – Maracanã
Os estudantes iniciaram a ocupação do campus nesta terça-feira (1º). A direção-geral informou que as atividades pedagógicas e o semestre letivo estarão suspensos a partir da quinta-feira (3), e enquanto durar o movimento. As atividades administrativas continuarão a funcionar normalmente. Os pais e responsáveis dos alunos foram convocados para uma reunião geral nesta sexta-feira (4), às 9h, no Espaço Cultural, para esclarecimentos e informes sobre a decisão.

Não houve acordo com os estudantes para viabilizar a aplicação do Enem 2016 nos dias 5 e 6 de novembro. A coordenação estadual do exame já foi informada sobre a situação e deverá cancelar a realização da prova no campus. De acordo com o Ministério da Educação (MEC), os candidatos que fariam o Enem nos locais de prova cancelados devido às ocupações deverão prestar o exame nos próximos dias 3 e 4 de dezembro.

Campus São Luís – Monte Castelo
No Monte Castelo, as aulas foram paralisadas em todos os cursos técnicos de nível médio. Dos cursos superiores, as quatro Licenciaturas (Biologia, Física, Matemática e Química) e o curso de Sistemas de Informação estão com as atividades pedagógicas paralisadas. As três Engenharias (Civil, Elétrica Industrial e Mecânica Industrial) ainda vão decidir se aderem à paralisação. Já as atividades administrativas ocorrem normalmente.

Ifma
Publicidade