Acidente com Equipe da Chapecoense

Publicidade
Um avião que transportava os jogadores do clube de futebol Chapecoense Brasil caiu segunda-feira (manhã em Espanha) quando ele se aproximava do aeroporto Jose Maria Cordova na cidade colombiana de Medellín, ela relatou que terminal aéreo. No avião [da companhia da foto em destaque], uma empresa fretado Lamia, viajando um total de 81 pessoas, 72 passageiros e nove tripulantes, conforme relatado pelo aeroporto através de sua conta oficial da rede social Twitter.

Confirmado, la aeronave con matrícula CP2933 * transportaba al equipo @ChapecoenseReal. Al parecer hay sobrevivientes. (Tradução do Google: Confirmado, o avião que transportava a equipa * @ChapecoenseReal CP2933 registro. Aparentemente, não há sobreviventes.
02:22 - 29 de novembro de 2016 · Rionegro, Colômbia
)

O Comité de Operações de Emergência foi activado Aeroporto para ajudar e situação de apoio de emergência ocorre com a aeronave têm apontado para o aeroporto.

A Força Aérea da Colômbia e pediu um helicóptero para proceder à pesquisa para a aeronave. Pessoal da Aviação Civil e instalou um Posto de Comando Unificado no centro de operações aéreas no aeroporto Jose Maria Cordova em Rionegro para resolver a situação liderado por Alfredo Bocanegra, director do pessoal especializado Aviação Civil Aerocivil ", ele detallló o Aerocivil.

Chapecoense, campeão catarinense de 2016. Foto: Blog do Livaldo Duarte

O diretor do Departamento Administrativo do Sistema de Prevenção, Tratamento e Recuperação de Desastres (Dapard) de Antioquia, Mauricio Parodi, disse a repórteres que o avião chegou do aeroporto de Viru Viru em Santa Cruz de la Sierra (Bolívia), onde, aparentemente, tinha feita uma escala técnica.

A aeronave, TT2933 registrado, deveriam ter ido para Medellin à 21.33 hora local (02.33 GMT terça-feira), mas perdeu contato com a torre de controle enquanto voava perto de La Ceja, de acordo com fontes.

Chapecoense clube desportivo, cidade de Chapecó, no estado brasileiro de Santa Catarina, estava indo para Medellin para competir na primeira mão da final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de quarta-feira.

El País, Tradução do Google

Notas do editor da Aldeia: a) Difícil para um desportista postar esta notícia. O El País é um portal que jamais usou do sensacionalismo. A ficha não cai... Todo o País perdeu um ente muito querido nesta data. Torcemos para a tradução do Google tenha errado!

b) Confira a lista dos jogadores que viajaram para a Colômbia
Goleiros: Danilo e Follmann;
Laterais: Gimenez, Dener, Alan Ruschel e Caramelo;
Zagueiros: Marcelo, Filipe Machado, Thiego e Neto;
Volantes: Josimar, Gil, Sérgio Manoel e Matheus Biteco;
Meias: Cleber Santana e Arthur Maia;
Atacantes: Kempes, Ananias, Lucas Gomes, Tiaguinho, Bruno Rangel e Canela.




c) O pulso ainda pulsa. A tradução do Twitter é diferente do Google: Confirmado, a aeronave com o registro CP2933 * transportados a equipe @ChapecoenseReal. Aparentemente existem sobreviventes.

d) As primeiras imagens do acidente. Foto: El Colombiano



e) A Chapecoense fez mudar o avião antes do acidente
A delegação Clube Chapecoense teve de mudar seu vôo plantes à Colômbia por uma decisão da autoridade da aviação brasileira , que o impediu de se mudar para Medellin em um vôo charter, então ele tinha a bordo de um avião comercial que caiu na noite passada, pouco antes chegou a Medellín.

Mudar de avião e ir de São Paulo duas horas mais tarde do que o esperado pelos dirigentes do clube no sul do estado de Santa Catarina foi o início de uma tragédia cuja extensão verdade ainda é desconhecida, assim como equipes de resgate tentando chegar ao local do acidente e eles têm mostrado sinais de encontrar sobreviventes.

O clube brasileiro, classificou oito dias atrás, para jogar a final da Copa Sul-Americana contra o Atlético Nacional de Medellín a intenção de viajar em um vôo fretado, o que não foi autorizada pela Agência Nacional de Aviação Civil (ANAC) desse país.

Gerentes alterado então programação 'Verdão Ocidente "e fez conexão com a Colômbia do Aeroporto Internacional Viru Viru, na cidade boliviana de Santa Cruz de la Sierra em um vôo da companhia aérea Lamia.

A aeronave CP2933 tipo RJ85 e de registo com 72 passageiros e nove tripulantes, estava à espera de as condições no Aeroporto Cordova Rionegro Internacional José Maria à terra à meia-noite.

Testemunhas e autoridades locais observou que o aparelho correu para o Cerro Gordo no município de La Union, no leste do sector Antioquia.


f) Às 4h30min decidimos trocar o verbo da manchete original baseado em El País.

g) Às 5h48min: Há pelo menos 25 mortos no acidente do avião que levava a delegação da Chapecoense à Colômbia para a disputa da final da Copa Sul-Americana. Segundo o Twitter da AFP, são 25 mortos e cinco pessoas resgatadas com vida até o momento. As informações são da agência de notícias AFP e reproduzida pelo Diário de Canoas da RBS.
Publicidade

Publicidade