Uemasul: ocupar, resistir e produzir

Publicidade
Os Sem Terras fizeram história no Brasil com três palavras: ocupar, resistir e produzir. Parece que a lição foi aprendida, pelos estudantes do campus de Imperatriz da Universidade Estadual do Maranhão (Uema).

Ocupada desde a terça-feira à noite, diferente do Paraná e do vizinho Tocantins, a resistência em Imperatriz está fácil, as polícias militar e civil sob o comando do governador Flávio Dino nem passa perto do campus, no centro da cidade, com algum tipo de animosidade.
Visitantes ilustres: Manoel da Conceição no domingo, 30 e Flávio Dino na terça, 1º.
Oficina de poesia, hoje à tarde, na Uemasul ocupada. Foto Grupo de WhatasApp #OcupaUemasul
Visitantes ilustres: Manoel da Conceição no domingo, 30 e Flávio Dino na terça, 1º.
Debate sobre aspectos legais da PEC 241. Foto Grupo de WhatasApp #OcupaUemasul
E a produção... mesmo num domingo, 30 de outubro, dia de segundo turno em muitas cidades do País, continua a todo vapor, veja a programação que tem no almoço, a presença do líder camponês Manoel da Conceição, fundador do Centru, o Centro de Educação e Cultura do Trablahador Rural.

Ocupação Uemasul
Programação de domingo 30/10
  • 10h - Cine debate do filme Mercado de Notícias - Estudo sobre o papel da mídia e suas influências na democracia
  • 12h30min - Almoço coletivo com o Centro de Direitos Humanos e Manuel da Conceição - Traga algo para partilhar
  • 15h - Oficina de filtro dos sonhos.
  • Obrigatoriamente levar tesoura e isqueiro. Se possível, levar também argolas, miçangas, penas e outros enfeites.
  • 17h - Mutirão de limpeza. Aceitamos disposição e materiais de limpeza.
  • #OcupareResistir #ContraPEC55 #ForaTemer
Visitantes ilustres: Manoel da Conceição no domingo, 30 e Flávio Dino na terça, 1º. Foto: Vermelho
Deu para perceber que os manifestantes trocaram o Centro de Estudos Sociais de Imperatriz (Cesi) da Uema pela nova universidade cujo projeto de lei de iniciativa do Palácio dos Leões, sede do governo maranhense, foi aprovado esta semana pela Assembleia Legislativa.

Porém, a plataforma de reivindicação permanece a mesma dos estudantes de todos o País, do ensino médio ou das universidades. No Maranhão, conforme publicou o ativista digital Carlos Leen, estão mobilizados:

✅Cintra São Luis - Ocupado
✅Colégio Colun (Colégio Universitário) - Ocupado
✅Ifma Monte Castelo -Ocupado
✅Ifma Centro Histórico - Ocupado
✅Ifma de Alcântara - Ocupado
✅Ifma de Codó - Ocupado
✅Ifma de Pinheiro - Ocupado
✅Ifma de Açailândia - Ocupado
✅Prédio de História da Uema - Ocupado
✅Ufma - Chapadinha - Ocupada
✅Ufma de Grajaú - Ocupada
✅Ifma Maracanã - Ocupa na segunda-feira
✅ Uemasul - Imperatriz

Na próxima terça, 1º de novembro, às 8h30min, o governador Flávio Dino prometeu, pelo Twitter, publicar a lei de criação da Uemasul, sediada em Imperatriz. E o local do ato será o campus local da Uema, digo, da sede da nova Universidade do País.

Frederico Luiz
Publicidade