Prisão de Lula: resistência começa

Publicidade
Após a notícia publicada no Blog da Cidadania, de que Lula seria preso em breve numa operação midiática para evitar que o mau desempenho do governo Michel Temer pudesse criar uma massar crítica capaz de defender o ex-presidente nas ruas, movimentos sociais estão se preparando para protestos e manifestações no caso de algum avanço da Lava Jato.
Prisão de Lula pode acontecer na segunda-feira. Imagem: Blog da Cidadania
Segundo informações do 247, o Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST) está em alerta para deflagrar protestos na região sul do País, caso o juiz federal Sérgio Moro decrete a prisão de Lula. Os integrantes do movimento farão uma marcha rumo a Curitiba em caso de detenção de Lula.

Direto da Aldeia Global NET recomenda leitura do Blog da Cidadania:
Golpistas farão prisão teatral de Lula a qualquer momento

João Paulo Rodrigues, coordenador nacional do MST, disse que os movimentos planejam uma "resistência" à eventual prisão do ex-presidente. "Em caso de prisão, deflagraremos uma marcha até Curitiba. Não vamos permitir esse clima de fato consumado." A Central Única dos Trabalhadores (CUT) também deve endossar os atos em defesa de Lula.

Na quinta-feira (13), o cerco a Lula aumentou com o juiz Vallisney de Souza Oliveira, da 10ª Vara Federal de Brasília, acolhendo uma denúncia da Procuradoria do Distrito Federal, que alega que Lula fez lobby de R$ 7 bilhões para a Odebrecht junto ao BNDES e governos estrangeiros. Em contrapartida, a Exergia Brasil, empresa representada pelo filho do irmão da ex-esposa de Lula, Taiguara Rodrigues, teria sido contratada para prestar consultoria a Odebrecht em obras em Angola. E essa mesma empresa teria pago despesas pessoais do irmão de Lula, Frei Chico.

Essa semana, a jornalista Helena Chagas antecipou que, em caráter sigiloso, o ministro Teori Zavascki, relator da Lava Jato no Supremo Tribunal Federal, autorizou uma série de medidas cautelares a pedido da Procuradoria Geral da República. No Supremo, Lula é investigado por suposta tentativa de obstruir a Lava Jato.

Jornal GGN
Publicidade