Itaqui se prepara para novas certificações

Publicidade
A Empresa Maranhense de Administração Portuária (Emap), responsável pela gestão do Porto do Itaqui, iniciou a primeira fase de implantação da norma ISO 14000:2015, que reúne uma série de normas que determinam as diretrizes da prática da gestão ambiental nas empresas, sejam elas públicas ou privadas, e da OHSAS 18001, que trata das normas de segurança e saúde no trabalho. A intenção é ter a empresa certificada até 2018.

O principal objetivo da ISO 14000 e de suas normas é garantir equilíbrio e proteção ambiental, prevenindo a poluição e os potenciais problemas que ela poderia trazer para a sociedade e economia. “Com a implantação dessa ISO, o Porto do Itaqui vai além do cumprimento das obrigações legais e passará a adotar práticas de gestão integrada de saúde, segurança e meio ambiente, no que diz respeito ao impacto de nossas atividades”, afirma a gestora de Meio Ambiente da Emap, Gabriela Heckler.
Clique na imagem e dê um passeio virtual pelo Porto do Itaqui. Imagem: www.itaqui.ma.gov.be
Nesta primeira etapa está sendo realizada a fase de Diagnóstico e Planejamento, um trabalho que envolve diretamente as áreas de Operação, Saúde, Segurança e Meio Ambiente da Emap. “Estes são os primeiros passos para a certificação, que depende do esforço conjunto de toda a empresa”, diz a gerente de Qualidade, Ana Carolina Maciel.

Plano estratégico

O Porto do Itaqui se prepara para ter uma gestão de saúde, segurança e meio ambiente como espinha dorsal da empresa e parte fundamental do plano estratégico e da política a ser estabelecida pela alta gestão. A implementação deste sistema de gestão obedecerá a quatro fases: diagnóstico e planejamento, desenvolvimento, conclusão/auditoria e acompanhamento, sendo a segunda fase a mais extensa e complexa na qual serão desenvolvidas várias atividades críticas tais como mapeamento dos riscos e medidas prevencionistas.

Além da elaboração de procedimentos, as mudanças na área de saúde, segurança e meio ambiente prevêem uma nova política, recursos e capacitação pela ISO 14001:2015 e pela OHSAS 18001. Todas essas transformações contribuirão para que o Porto do Itaqui minimize seus impactos ambientais e aprimore o controle dos riscos de saúde e segurança ocupacional, melhorando o seu desempenho nestes aspectos. Atualmente, apenas um porto brasileiro é certificado com a ISO 14001:2015.

Agência de Notícias Maranhão
Publicidade