Iema lança mais 16 cursos

Publicidade
O Governo do Estado divulgou, neste sábado (22), durante a Semana Nacional de Ciência e Tecnologia do Maranhão (SNCT-MA), realizada em Imperatriz, a relação dos 16 cursos técnicos que serão ofertados nas unidades plenas do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) de Axixá, Coroatá, São José de Ribamar e Timon. As unidades serão entregues em fevereiro do próximo ano. Entre os cursos, alguns são inéditos no estado como os de técnico de agricultura orgânica, equipamentos biomédicos e informática biomédica.

A escolha dos cursos é resultado de audiência pública realizada nesses municípios e que contou com a participação de mais de mil pessoas. Os participantes tiveram a oportunidade de ouvir sobre os modelos pedagógicos, de gestão e acerca das propostas de cursos técnicos para cada unidade plena do Iema a partir das potencialidades regionais e dos arranjos produtivos locais. Na ocasião, o público pode participar livremente, de forma democrática, opinando sobre os cursos propostos ou apresentando sugestões de novos cursos.
Saiu a relação de novos cursos do Iema
Anúncio dos novos cursos, em Imperatriz. Foto: Felipe Neiva
“O Iema é uma rede de educação profissional que cresce cada vez mais e, no ano que vem, iremos dar mais foco à novas unidades, o terceiro tipo de Iema, que é o Ponto do Saber”, disse o secretário de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação, Jhonatan Almada.

O secretário informou que o Maranhão terá uma rede que estará espalhada pelo Maranhão atendendo aos arranjos produtivos locais e contribuindo para a formação de pessoal técnico. “Isso para que essas pessoas tenham empregabilidade, mas, sobretudo, sejam excelentes naquilo que fazem”. A meta do governo é entregar, até 2018, um total de 23 unidades plenas. Com a inauguração das quatro novas unidades no próximo ano, serão sete em funcionamento.

Cursos

Serão 640 novas vagas ofertadas pelo governo em 2017 no ensino técnico profissionalizante integrado ao ensino médio em uma escola de tempo integral. Em Axixá serão ofertados os cursos de Cooperativismo, Eletrotécnica, Agricultura Orgânica e Informática (manutenção e redes).

Em Coroatá, os cursos são de Agricultura Orgânica, Cooperativismo, Avicultura e Informática. Na unidade de São José de Ribamar os estudantes poderão escolher entres os cursos de Eletromecânica, Guia de Turismo, Agricultura Orgânica e Informática; e em Timon, Equipamentos Biomédicos, Informática Biomédica, logística e serviços jurídicos. São 40 vagas por curso.

Sobre os cursos que serão ofertados pela primeira vez no estado, o secretário Jhonatan Almada disse que o Governo do Estado está atento a esse novo momento que o mundo vive em busca de sustentabilidade, daí a oferta dos cursos técnicos de agricultura orgânica. “Considerando, sobretudo, a vocação do Maranhão e os investimentos que o governo tem feio”.

Em relação aos cursos de Equipamentos biomédicos e de Informática Biomédica, Jhonatan Almada disse que o objetivo é preparar profissionais que possam atuar no âmbito da área de saúde, em manutenção de equipamentos e informática aplicada por meio de software para melhorar o desempenho das clínicas, hospitais e unidades que trabalham com saúde, sejam públicas ou privadas.

Elizete Silva, Agência de Notícias Maranhão
Publicidade