Com escolta, urnas são distribuídas

Publicidade
Mais de 600 policias militares garantiram a escolta das urnas eletrônicas às seções eleitorais de São Luís-MA neste sábado, 29. Os agentes se dividiram em 16 equipes que acompanharam a distribuição das 1.968 urnas aos 260 locais de votação para o segundo turno na capital. O transporte dos equipamentos começou às 7h30 e partiu do Fórum Eleitoral, na Fonte do Bispo, Madre Deus.

Nas zonas eleitorais, as urnas foram recepcionadas por homens do Corpo de Bombeiros, responsáveis pela segurança dos equipamentos juntamente com o Exército Brasileiro. O esquema de segurança atuará até a conclusão do pleito eleitoral no domingo, 30, como explicou o capitão Josiel dos Santos, do Comando de Policiamento de Área Metropolitana 1 (CPAM1).

“Haverá presença de policiais nos locais de votação para fazer a segurança das urnas e garantir a normalidade das eleições”, declarou. Para o juiz da 10ª zona eleitoral e diretor do Fórum Eleitoral de São Luís, José Ribamar de Oliveira Costa Júnior, o policiamento também é importante para assegurar a lisura do processo eleitoral.

“Todo este sistema de segurança pública, formando por Polícia Militar, Bombeiros e Exército, que hoje está atuando no transporte e vigilância das urnas, também atuará no dia da eleição. A Polícia Civil se soma a esse contingente, na apuração de crimes que por ventura se verifiquem, não só eleitorais, mas qualquer crime comum”, ressaltou.

De acordo com o juiz eleitoral, procedimentos de vistoria, carga e lacre das urnas foram realizados ao longo da semana. As urnas deverão ser ligadas às 7h de domingo por mesários e presidentes de mesa. A votação será iniciada às 8h e terminará às 17h. Nesse segundo turno, 659,7 mil pessoas estão aptas para votar em São Luís.

Reforço policial

De acordo com informações da Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP-MA), haverá reforço de policiais no segundo turno, com presença de todo o efetivo da Polícia Militar na capital. São 9,6 mil homens, que se somam a grupamentos do Corpo de Bombeiros e do Exército Brasileiro, totalizando mais de 11 mil agentes alocados para a segurança das eleições.

Em parceria com os órgãos reguladores, equipes da Polícia Civil atuarão na investigação e registro de ocorrências. O policiamento irá executar ações preventivas e coercitivas, apurar denúncias de compra de votos e outros crimes, como pistolagem e agiotagem.

Na lista de locais a serem monitorados, além das seções eleitorais, estão os terminais de integração, paradas de ônibus, pontos estratégicos de ruas e avenidas com grande fluxo de pessoas e veículos. As forças policiais atuam em parceria com o Tribunal Regional Eleitoral do Maranhão (TRE-MA), Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ-MA) e Ministério Público (MP-MA).

Flávio Dino

O governador Flávio Dino irá votar pelo pleito do segundo turno de São Luís na manhã deste domingo (30), às 10h, na Escola Clarindo Santiago – Avenida Rio Claro, nº 1, no Olho D’Água.

Carolina Mello, Agência de Notícias Maranhão

Imagens de Gilson Teixeira

Capitão Josiel dos Santos, da área metropolitana de São Luís









Publicidade