Catálogo com artesãos maranhenses

Publicidade
Arte e técnica de trabalho manual não industrializado, seguindo uma tradição e que escapa à produção em série. É com base nesse conceito que 320 artesãos, de 25 estados brasileiros, foram selecionados para participar da primeira edição da feira ‘Brasil Original’, que começou em 20 de outubro e segue até esta segunda-feira (24) no Centro de Exposições do Anhembi – Pavilhão Oeste, em São Paulo.

O artesanato do Maranhão tem sua participação promovida por meio da Secretaria de Estado de Cultura e Turismo, com o apoio do Programa Brasileiro do Artesanato (PAB) e Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Aproveitando o momento especial, com o objetivo de homenagear, valorizar e preservar a memória do artesanato maranhense, no estande, o Sebrae Maranhão apresentou o ‘Catálogo Sebrae de Artesanato da Grande São Luís’. O lançamento oficial está previsto para o mês de novembro, na capital maranhense.

Direto da Aldeia publicou sobre a Feira
Artesanato encanta na 1ª Brasil Original

“O catálogo é de extrema importância para nossa cultura e para o Turismo, uma vez que o artesanato está em sua cadeia. Essa edição, pela qualidade das informações e estética, será uma importante ferramenta para a divulgação do trabalho dos nossos artesãos, tanto no Brasil como no exterior, já que o projeto contempla a tradução em quatro idiomas”, afirma o secretário de Turismo da Sectur, Hugo Veiga.


Fotos: Divulgação, Sectur-MA
A produção da primeira edição do ‘Catálogo Sebrae de Artesanato da Grande São Luís’ é capitaneada pelo Sebrae Nacional em parceria com o Programa Brasileiro do Artesanato Brasileiro (PAB). Dentro da iniciativa, além da publicação, com o objetivo de contemplar os artesãos, foram destinados recursos também para capacitação e consultoria.

Seleção

Com a finalidade de promover a participação, no catálogo,de forma democrática, os artesãos foram convidados por meio de chamamento público à disponibilizarem suas criações para avaliação especializada do Sebrae Maranhão que, com base em sete tipologias, elencou as peças. Depois de selecionados, 180 produtos passaram pelos registros da fotógrafa Veruska Oliveira.

No total, entre os artesãos do Centro de Produção Artesanal do Maranhão (Ceprama), Instituto do Desenvolvimento do Artesanato Maranhense (IDAM) e os regularmente cadastrados no PAB (por meio do Cadastur – Cadastro Nacional do Turismo – sistema de cadastro de pessoas físicas e jurídicas dos profissionais que atuam na cadeia produtiva do Turismo), o projeto do catálogo contempla 180 produtos. Devido ao grande número, outras edições do catálogo serão publicadas para contemplar todas as peças.

Direto da Aldeia Global NET publicou há 5 anos:
Pesadelo americano: irmão da pop star Madonna mora nas ruas
Helicóptero saiu de São Luís, apresentou pane e fez pouso de emergência
Agrônomo ensina a apressar frutificação do bacurizeiro
Fotos flagrantes de Imperatriz

“O catálogo é uma amostra de como os artesãos maranhenses traduzem a capital e o Maranhão em expressão estética e artística e em materiais que representam a ilha e o estado. Nós do Sebrae, entendemos o artesanato para além da expressão cultural. Cremos que é uma oportunidade de negócio que mantém produtores e comerciantes e que se sustenta enquanto atividade econômica, além de perpetuar uma identidade cultural”, destaca o diretor superintendente do Sebrae Maranhão, João Martins.

Marcela Mendes, Agência de Notícias Maranhão
Publicidade

Publicidade