Campanha de Incentivo à Leitura

Publicidade
A formação de uma geração que reconhece nos livros um novo mundo a ser descoberto. Esta é a missão que o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Cultura e Turismo (Sectur) e a Biblioteca Pública Benedito Leite (BPBL), cumprem na II Campanha Estadual de Incentivo à Leitura do Maranhão, durante todo o dia desta terça-feira (4). Com a presença do governador Flávio Dino, a Campanha reuniu crianças, adultos e jovens que ocuparam todos os espaços, do estacionamento ao auditório, com atividades lúdicas de incentivo à leitura.

O tema, da segunda edição do evento, não poderia ser melhor: “Dia de Ler. Todo dia. Por um Maranhão de Leitores”, que revela a preocupação do Governo do Estado em desenvolver, a partir do hábito da leitura, uma nova oportunidade de superação e novas condições de transformação social.
Estudantes participaram da campanha cujo tema foi ‘Dia de Ler. Todo dia. Por um Maranhão de Leitores’.
Estudantes participaram da campanha Dia de Ler. Todo dia. Por um Maranhão de Leitores. Foto: Gilson Teixiera
O governador destacou que este foi um dia de mobilização, destacando a relevância do hábito de ler para se alcançar um Maranhão melhor e mais justo. “Eu fiz questão de estar presente exatamente para mostrar a grande prioridade que nós damos a esse trabalho, porque nós acreditamos que esse é um caminho fundamental. Para melhorar não só a qualidade da educação, acesso ao conhecimento, mas a qualidade de vida dos maranhenses. Ler é um direito. E na medida em que a biblioteca faz uma campanha de estímulo à leitura, envolvendo uma rede de instituições, envolvendo os profissionais da área, e, sobretudo, o público-alvo dessa campanha, deixamos claro aos 7 milhões de maranhenses que essa é uma prioridade”, pontuou o governador.

A Campanha contou com o apoio das Secretarias Estaduais de Educação e da de Juventude, e também de escolas, universidades, associações culturais, órgãos públicos, museus, academias. Todos juntos para realizar um dia de oficinas, exposições, inserções literárias, lançamento de livros, conversas com escritores, recital de poesias, exibição de filmes com recursos de acessibilidade, sessão de cinema, jogos educativos e contação de histórias, sempre tendo o livro literário como fonte maior de inspiração.

Além de BPBL, em São Luís, mais de 30 municípios maranhenses aderiram à campanha e desenvolvem atividades ao longo do dia 4 de outubro em suas bibliotecas municipais e/ou Faróis do Saber. Como destacou o secretário de Estado de Cultura e Turismo, Diego Galdino: “Desde o ano passado a gente realiza a campanha, e foi um sucesso de público e adesão. Esse ano nós temos mais de 30 municípios mobilizados, parados efetivamente para incentivar a leitura. O Governo do Estado tem o objetivo principal de transformar a educação no Maranhão e nada melhor do que utilizar a cultura para isso. E essa campanha visa mobilizar esses municípios a ter uma reflexão. Além destas cidades, novos parceiros estão surgindo e a tendência é cada dia crescer e refletir esse momento único na história do Maranhão por meio da educação”.

O secretário de Estado da Educação, Felipe Camarão destacou que forças foram unidas para fazer um Maranhão leitor. “Uma campanha que começou no primeiro ano de gestão do governador Flávio Dino, e esse ano a Seduc está com essa parceria com a Sectur para que os nosso jovens, alunos e alunas e toda a população maranhense tenha o hábito da leitura. Porque com isso nós acreditamos que poderemos formar cidadãos e cidadãs mais conscientes, formar uma massa crítica melhor, formar uma sociedade efetivamente melhor. Então o objetivo da campanha é esse, de tornar nossos cidadãos mais conscientes dos seus direitos, deveres, fazer com que o mundo da literatura possa envolver os nossos jovens, nossos adultos, nossas crianças”, pontuou Felipe.

Aluno do 2º ano Aluno do C.E Bernardo Coelho de Almeida, Alisson Braga, apresentou a peça “Os Enamorados” para o público que compareceu ao local do evento. Foi através da leitura que Alisson despertou o interesse pelo teatro, por isso reconhece o potencial dos livros. “Eu acho muito importante que o Governo mobilize as escolas, não só as escolas, como as pessoas, a virem na biblioteca, preservarem mais a leitura. É importante incentivar as pessoas a lerem, a se informar mais e também aprender mais. Esta campanha abre novos caminhos e permite que as pessoas cheguem a outros lugares pela leitura”, opinou o estudante.

Também foram parceiros da Campanha a Universidade Estadual do Maranhão, o Conselho Estadual de Cultura do Maranhão, a Prefeitura de São Luís, a Academia Maranhense de Letras, o Serviço Social do Comércio (Sesc), além de outros parceiros.

Mariana Salgado, Agência de Notícias Maranhão
Publicidade