Zapeando São Luís é tema de exposição

Publicidade
Iema: Zapeando São Luís é tema de exposição

Na semana em que se comemora o aniversário de São Luís, os estudantes do Instituto de Educação, Ciência e Tecnologia do Maranhão (Iema) realizam, na segunda-feira (5), uma exposição de fotografias com o tema ‘Zapeando São Luís’. São 60 fotografias que apresentam diferentes aspectos da cidade sob o olhar dos estudantes.

O projeto foi desenvolvido a partir da disciplina curricular de História, com as quatro turmas do primeiro ano do ensino médio e o curso técnico de eventos. Segundo a professora Fernanda Mafra, coordenadora da exposição, a ideia foi trabalhar temas como a urbanidade na construção de São Luís em relação aos espaços da cidade, com assuntos voltados para o cuidado, conservação, cidadania e segurança.

“Sabemos que existem trabalhos belíssimos sobre a questão da natureza e pontos turísticos de São Luís, o que desenvolvemos com os estudantes foi sobre a urbanidade para mostrar como cuidar da cidade, a civilização, elementos que constroem um mundo urbano”, explicou a professora.

As fotografias foram registradas durante visitas em pontos da cidade com definição de temas propostos no projeto. Para isso, os estudantes visitaram o Palácio dos Leões relacionando a questão do poder; o Comando Geral da Polícia Militar do Maranhão (PMMA), para explicar a segurança e fazendo um comparativo sobre como era a segurança das cidades antigas cercadas por muros, assunto trabalhado nas aulas de História. Os jovens também visitaram praças, cinemas e bibliotecas buscando explorar os aspectos culturais.

Outro objetivo do projeto foi trabalhar a disciplina de História de forma dinâmica diante da modernidade. “Para não ficarmos somente no tempo passado, a ideia foi fazer um paralelo entre as civilizações antigas com a era contemporânea. Além deles terem esse contato com os espaços para analisar a cidade, para que assumam as soluções dos problemas, já que são os novos cidadãos”, afirmou a professora Fernanda Mafra.

A exposição, que tem participação da professora de arte Adriane Reis, está sendo realizada juntamente com o curso técnico de eventos, com a professora Girlenny de Assis. O objetivo é promover a integração entre a base técnica e curricular para que os estudantes possam colocar em prática conhecimentos adquiridos na sala de aula. O projeto tem, também, a orientação da bibliotecária Luana Silva.

Safira Pinho
Publicidade