Mutirão Mais Saúde previne Glaucoma‏

Publicidade
O Governo do Estado tem a prevenção como principal estratégia de combate ao glaucoma. Para a detecção precoce da doença, que provoca a perda irreversível da visão, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) promove o Mutirão Mais Saúde, na capital e no interior do Estado. Neste sábado (17), as ações preventivas foram realizadas no Centro de Especialidades Médicas (CEM) da Vila Luizão. No início da manhã, cerca de 140 pessoas foram atendidas. Além dessa atividade, o Mutirão Mais Saúde vai desenvolver um amplo cronograma de cirurgias de histerectomia e oftalmológicas na capital e no interior do estado ao longo deste mês.

Governo promove 'Mutirão Mais Saúde' para prevenção do Glaucoma
Governo promove 'Mutirão Mais Saúde' para prevenção do Glaucoma. Foto: Francisco Campos
O médico oftalmologista, Vinícius Magno Gomes Guimarães e Silva, alerta para os riscos da perda da visão decorrentes do glaucoma. “A doença só é detectada com o exame. O paciente nos estágios iniciais da doença não sente nada. É importantíssimo que as pessoas se submetam ao exame. Quanto mais idade a pessoa tem, maior o risco de ter glaucoma, principalmente a partir dos 50 anos de idade, é a faixa etária de maior incidência e prevalência da doença”, orienta.

O Mutirão Mais Saúde oferece consultas, todos os exames de diagnóstico, tratamento e cirurgias necessárias para o diagnóstico do glaucoma e outras doenças oculares. “O mutirão leva ao conhecimento da população sobre essa doença e a consulta regular é determinante para o diagnóstico”, observa o médico Vinícius Magno Gomes Guimarães.

Prevenção

Francinaldo Sousa é pintor. Ele perdeu parte da audição após um acidente. Com o impacto, a partir do episódio, também passou a redobrar o cuidado com a visão. Nos últimos dias apresentou um lacrimejamento em um dos olhos. Preocupado, aproveitou o Mutirão Mais Saúde para receber a orientação médica adequada. “O médico disse que eu não tenho glaucoma. Estou muito aliviado”, disse o pintor, que recebeu o atendimento para tratar a queixa apresentada.

Durante o Mutirão Mais Saúde, os profissionais identificam pacientes com catarata e pterígio como as doenças mais frequentes no diagnóstico. Foi o caso de Maria Cleonice da Silva, de 81 anos. Ela tem catarata e recebeu a indicação da cirurgia. Diabética e com problemas cardíacos, a idosa estava preocupada com a realização do procedimento. “A paciente também será avaliada pelo cardiologia sobre o procedimento, considerando o caso especifico dela”, disse o médico Vinícius Magno Gomes Guimarães.

Mutirão Mais Saúde

O Mutirão Mais Saúde de combate ao glaucoma foi intensificado no interior do estado. Entre os meses de julho e agosto, as Unidades Regionais de Saúde (URS), por exemplo, receberam as ações do mutirão: Presidente Dutra, Itapecuru Mirim, Bacabal, Barra do Corda, Chapadinha, São João dos Patos, Zé Doca e Santa Inês. No mês de junho, 40 municípios de cinco Unidades Regionais de Saúde (URS) foram contemplados com a ação: Pedreiras, São João dos Patos, Viana, Codó e Santa Inês.

Andrea Gonçalves
Publicidade