Invicto, Voltaço espera apoio da torcida

Publicidade
Como marcou um gol fora de casa, o Volta Redonda joga por um empate por 0 a 0 em seu estádio. Em caso de empate por 1 a 1, a vaga será decidida nos pênaltis. Empates por mais de dois gols favorecem o Moto Club. O classificado irá enfrentar CSA ou São Bento na final. O time de melhor campanha até agora é quem decidirá em casa. O Voltaço fez promoção de ingressos e espera lotar o Raulino de Oliveira.

A partida inicialmente estava marcada para o domingo, às 16h, mas a CBF resolveu alterar a data do jogo para sábado, às 18h, o que gerou bastante insatisfação por parte do Moto Club, que alegou menos tempo para os atletas se recuperarem. A CBF alterou a data do jogo por “opção do time mandante”.

O Voltaço é a única equipe que segue invicta nesta Série D. Ao todo, foram 13 jogos do Esquadrão de Aço, nove vitórias, dois empates e duas derrotas. Já o Moto Club soma cinco vitórias, sete empates e uma derrota. O Papão conseguiu sua 1ª vitória fora de casa na competição na fase anterior, quando bateu o Atlético-AC para conseguir o acesso. Na fase anterior, o Volta Redonda conseguiu o acesso sobre o Fluminense de Feira-BA.

Dúvida

O Volta Redonda tem uma dúvida para a partida deste sábado. O zagueiro Márcio não terminou o coletivo na quinta-feira e ficou apenas dando voltas no gramado. O técnico Felipe Surian ainda não confirmou se contará com o atleta.

O ataque titular do Esquadrão de Aço também pode ser mudado. O treinador testou Rafael Pernão no lugar de Luiz Gustavo, que ficou na equipe reserva. Com Luiz Gustavo no time titular, o treinador também experimentou Michel Cury na vaga de Marco Júnior.


Fim do mistério

Após a dúvida durante a semana, o técnico Ruy Scarpino confirmou que utilizará a formação 4-4-2 e não irá mudar para o 3-5-2 no segundo jogo da semifinal. A mudança foi cogitada já que o treinador não poderá contar com o lateral direito Diego Renan, que está suspenso. Após os testos, Ruy Scarpino definiu que o zagueiro Luís Fernando atuará na lateral.

No meio, o Moto Club será composto por três volantes, com Felipe Dias, Curuca e Valderrama. O armados será Marcos Paullo e Miracema e Gabriel formam o ataque. Além de Luís Fernando a defesa será composta por Fred, Wanderson e Chico Bala, além do goleiro Márcio Arantes.


AFI
Publicidade