Indiano quer proibir Pokémon Go

Publicidade
Indiano quer proibir Pokémon Go por ofender vegetarianos

Nesta quarta-feira (7), um advogado indiano entrou com uma ação no um tribunal do estado de Gujarat da Índia (oeste) pedindo a proibição do 'game' Pokémon Go. De acordo com ele, o jogo estaria ofendendo os vegetarianos ao oferecer ovos virtuais como recompensa.

Produzido pela Niantic, o aplicativo de realidade aumentada atenta contra as convicções hinduístas e jainistas, alguns dos quais não consumem carne nem produtos de origem animal, afirma o advogado Nichiket Dave.

No game, os ovos contém pokémons em seu interior, que explodem quando o jogador caminha um certo número de quilômetros.

"Oferecer ovos nos templos, inclusive no mundo virtual, é altamente discutível e equivale a uma blasfêmia", declarou Dave à AFP após uma breve audiência.

Rondônia Dinâmica e MSN
Publicidade