Atendimento chega a mais 12 municípios

Publicidade
Governo garante atendimento socioassistencial para famílias maranhenses de mais 12 municípios
Governo garante atendimento socioassistencial para famílias maranhenses de mais 12 municípios. Foto: +GovernoMA 
A maratona de entregas de Centros de Referência de Assistência Social (Cras) e Centros de Referência Especializada de Assistência Social (Creas), construídos pelo Governo do Estado, chegou neste fim de semana a mais 12 municípios. Com a entrega dos equipamentos sociais, o Governo do Estado já entregou cerca de 60 unidades próprias de Cras e Creas disponibilizadas à população maranhense. O projeto é executado pela Secretaria de Estado do Desenvolvimento Social (Sedes).

Dentre os municípios que receberam os novos equipamentos sociais, na sexta (2) e no sábado (3), estão: Alto Alegre do Pindaré, Governador Eugênio Barros, Governador Luiz Rocha, Graça Aranha, Lima Campos, Poção de Pedras, Bernardo do Mearim, Esperantinópolis, Pedreiras (Cras e Creas), Trizidela do Vale, Paulo Ramos, Duque Bacelar e Magalhães de Almeida.

A ação é uma das prioridades da gestão realizada pelo governador Flávio Dino, voltada ao atendimento de cidadãos e famílias em situação de vulnerabilidade social. Para isso, o Governo do Estado está trabalhando na expansão da rede de atendimento socioassistencial no Maranhão. O valor da obra é de aproximadamente R$ 400 mil para o Cras e R$ 500 mil para o Creas, com o acréscimo de R$ 40 mil para aquisição de mobília e equipamentos de informática.

Em Lago do Junco, Lago dos Rodrigues e Igarapé Grande, locais que receberam unidades do Cras, a solenidade de entrega dos equipamentos contou com a participação de populares e de autoridades locais. Ao descerrar a placa de inauguração, a secretária adjunta de Assistência Social da Sedes, Célia Salazar, que no ato representou o governador Flávio Dino, destacou a importância dos centros para a população em situação de vulnerabilidade social dos municípios contemplados.

As imagens das inaugurações na lente de Honório Moreira

Francisco Gomes de Sousa destacou que com sede própria a população passa a ter mais acesso na área social

Lago do Junco foi uma das cidades beneficiadas com a entrega de Cras e Creas neste fim de semana

Jefferson Portela durante entrega de unidades do Cras em Lima Campos e Bernardo do Mearim
Jefferson Portela durante entrega de unidades do Cras em Lima Campos e Bernardo do Mearim
“O Governo do Estado, ao entregar aos municípios estes equipamentos totalmente estruturados, está contribuindo para a oferta qualificada e humanizada desses serviços, assim como para o fortalecimento local da política de assistência social, tão importante para a melhoria da qualidade de vida da população mais carente”, ressaltou Célia Salazar.

Com prédios próprios e equipados, as estruturas garantem atendimento adequado aos usuários, para garantir a atenção em casos de violência, trabalho infantil, apoio aos adolescentes que cometeram atos infracionais. Todos os serviços são realizados por uma equipe especializada, de assistentes sociais, pedagogos e psicólogos, que agora também contam com um espaço mais adequado, o que propicia um atendimento mais humanizado e sigiloso.

Esses equipamentos sociais são a porta de entrada dos programas sociais dos Governos Federal e Estadual, como Bolsa Família e Bolsa Escola, por exemplo. Os Cras e Creas são destinados a famílias como a do agricultor de Lago do Junco, Josiel Alves Ferreira, 37 anos, pai da pequena Maria Raina, 6 anos. Ele acredita que com a instalação do Cras em seu município vai facilitar o fluxo de informação sobre os serviços socioassistenciais oferecidos pelos Governos Federal e Estadual. “Minha filha recebe o Bolsa Família e o Bolsa Escola. Com a presença do Cras aqui, agora tenho para onde recorrer quando precisar de alguma informação sobre os programas que participamos”, disse.

Já Francisco Gomes de Sousa, 60 anos, também morador de Lago do Junco, destacou que com sede própria a população usuária do serviço passa a ter mais acesso às ações e projetos disponibilizados na área social. “Além de que teremos também um acompanhamento mais direto. Minha família é beneficiária dos programas Bolsa Escola e Bolsa Família e precisávamos muito de uma sede do Cras que prestasse maior assistência às nossas demandas”, afirmou.

A diarista Antônia Núbia Silva Nascimento, 49 anos, é uma das moradoras de Igarapé Grande que recebe o Bolsa Família. Ela, que também tem netos beneficiários do Bolsa Escola, considera a nova sede do Cras essencial para a melhoria da qualidade do atendimento na área social. “Há muito tempo aguardávamos por um espaço como este, bem equipado e confortável. Sempre participamos das atividades desenvolvidas pelo Cras e agora elas serão melhores ainda”, comentou.

Em Paulo Ramos, Lima Campos e São Bernardo do Mearim, a entrega das unidades dos Cras foi feita pelo secretário de Estado de Segurança Pública, Jefferson Portela, que representou o governador Flávio Dino. Ele ressaltou que a população maranhense teve, nas gestões passadas, a qualidade de vida muito prejudicada em campos essenciais. Os Cras entregues pelo Governo do Estado farão uma assistência social qualificada, possibilitando que a pessoa atendida tenha o problema que ela sente superado. Esta é a finalidade correta do serviço público.

“As pessoas vivem em dificuldades sociais porque os governos anteriores não aplicaram os recursos públicos na sua finalidade, gestões que pegaram muito dinheiro e que aplicaram de forma errada. O governador Flávio Dino está mudando isso. Os avanços podem ser percebidos em várias áreas além da assistência social, na educação, por exemplo, o governador deixará mais de mil escolas dignas para um ensino de qualidade, substituindo as escolas de taipa por imóveis com estrutura adequada e decente para os professores ensinarem com qualidade”, declarou o secretário Jefferson Portela.

Cidades beneficiadas

Em quatro semanas, o Governo do Estado já entregou unidades de Cras e Creas também nos municípios de Pirapemas, Matões do Norte, Bacabeira, Colinas, Barão de Grajaú, Jatobá, Mirador, São Luís (bairro: Vinhais, Cohab e Turu), Timon, Sambaíba, São Félix de Balsas, Benedito Leite, Riachão, Feira Nova do Maranhão, Nova Colinas, Buriti Bravo, Passagem Franca, Lagoa do Mato, Paraibano, Pastos Bons, Sucupira do Norte, Sucupira do Riachão, São José de Ribamar, Paço do Lumiar, Paulino Neves, Milagres do Maranhão, São João do Soter, Afonso Cunha, Água Doce do Maranhão, Chapadinha,Vargem Grande, Axixá, Presidente Vargas, Rosário, Nina Rodrigues e Presidente Dutra.

Na próxima terça-feira (6), as entregas da etapa atual serão finalizadas em Brejo, Coelho Neto, São Bernardo e em São Luís (no bairro Bequimão).

Doriane Menezes e Mauro Wagner, Agência de Notícias Maranhão
Publicidade