Manifestantes protestam contra o golpe e perda de direitos

Publicidade
Na quarta-feira, 17, os manifestantes voltam as ruas para reivindicar o retorno da presidenta
Sentido Beira-Mar da Rua do Egito ficou tomada pelos manifestantes. Foto: Agência da Aldeia (AgA)
No dia em que o senado federal decide pela admissibilidade do processo por crime de responsabilidade contra a presidenta Dilma, um verdadeiro golpe perpetrado pelo legislativo ou no mínimo, uma grande injustiça como assevera Márlon Reis, um dos autores da Lei da Ficha Limpa, uma manifestação partiu da Praça Deodoro em São Luís e percorreu as principais logradouros do centro da capital do Maranhão,a exemplo da Rua do Egito onde funcionou a Assembleia Legislativa antes de se instalar na Reserva do Rangedor.

Sindicalistas, líderes estudantis e comunitários e mesmo pessoas sem participação em entidades da sociedade civil organizada se revezaram no microfone na manhã desta terça-feira, 9. Na próxima semana tem mais. Na quarta-feira, 17, os manifestantes voltam as ruas para reivindicar o retorno da presidenta e alertar para o projeto que tramita no Congresso Nacional sobre a renegociação da dívida dos estados.

Medidas que diminuem investimentos e deprecia serviço púbico:


  • Proibição de reajustes salariais e de nomeação de novos servidores estaduais;
  • Proibição de concessões de novos benefícios que levassem a renúncia fiscal;
  • Extinção de 10% dos cargos de livre provimento e a limitação do crescimento das despesas correntes à variação da inflação.
  • Estados assumem compromisso de cumprir um teto de gastos. Esse teto terá validade por 20 anos e limita o crescimento das despesas públicas de um ano ao percentual de inflação do ano anterior.
  • Estados ficam proibidos de conceder aumento a servidores públicos por um período de dois anos, à exceção de reajustes que tenham sido negociados até a data de aprovação da lei da renegociação das dívidas estaduais pelo Congresso.


Assista a sessão do senado sobre a admissibilidade do golpe legislativo


Publicidade