Balsas ganha reforma de hospital, ambulatório e UTI

Publicidade
O Governo do Estado aperfeiçoa serviços para qualificar atendimento no município de Balsas e regiões circunvizinhas. Para isso, a Secretaria de Estado da Saúde (SES) adotou um pacote de ações para retomada das obras do Hospital Regional de Balsas, implantação da Unidade de Suporte Avançado (USA), construção da primeira UTI da cidade e, também, assegurou a instalação do ambulatório especializado na atenção ao pré-natal.

O Governo do Estado disponibilizará para a região uma Unidade de Suporte Avançado (Usa). “Até o final do mês, nós vamos entregar uma Unidade de Suporte Avançado - ambulância com suporte de UTI - para cidade de Balsas para que, também, ela possa fazer os translados dos pacientes com maior segurança, maior cuidado, em Balsas e em Imperatriz”, antecipou Carlos Lula.

Balsas ganha reforma de hospital, ambulatório e UTI
Balsas recebe reforço, também, no setor de pediatria com plantão de 24 horas. Foto: Francisco Campos
Com a retomada da obra do Hospital Regional de Balsas, anunciada pelo governador Flávio Dino em abril deste ano, o Governo busca corrigir irregularidades, deixadas pela gestão interior, identificadas pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Social e Econômico (BNDES). Nesta quinta-feira (18), o secretário Carlos Lula, em visita ao município, disse que a continuação da obra atende a um anseio da população.

“A gente vem aqui para, primeiro, retomar a obra do Hospital Regional de Balsas, que é um anseio da população e explicar o motivo pelo qual a unidade ficou tanto tempo parada. Muitos problemas e irregularidades foram apontados pelo BNDES, banco financiador da obra. Isso obrigou o Estado a tentar resolver a questão com o banco, aportando recursos do próprio Governo do Estado para finalizar a obra do Hospital Regional de Balsas”, detalha o secretário Carlos Lula.

UTI

As ações desenvolvidas no âmbito da saúde de Balsas incluem ainda a instalação da primeira UTI de Balsas, no Hospital São José, gerenciado pela Sociedade Beneficente São Camilo. Ainda em agosto será assinado um convênio com o hospital para que possa ser feita a construção. “A UTI funcionará conosco enquanto SUS para toda a região”, disse o secretário.

Na ocasião, o secretário Carlos Lula, acompanhado da subsecretária Karla Trindade, visitou o Hospital São José para fiscalizar a execução do convênio celebrado entre a SES e o Hospital São José, em Balsas.

O convênio prevê repasse de mais de R$ 300 mil por mês pela gestão estadual. A unidade é voltada para a assistência materno infantil, em nível ambulatorial e hospitalar. A unidade terá o reforço no número de profissionais que compõe a equipe médica e melhores condições de atendimento ao público que acessa a unidade.

A comitiva da SES foi recebida por Samuel Peter Krause, diretor do Hospital São José, que, durante a visita, reiterou o comportamento com convênio firmado entre a SES e a unidade de saúde.

A parceria estabelece benefícios como o partograma, procedimento de anotações de sinais vitais e evolução do parto, que dá maior segurança e evitar complicações não observadas. Outra novidade será a permanência de um pediatra na unidade, em regime de plantão 24h.

“Nós viemos também fiscalizar o início do nosso convênio na área ambulatorial.

Ampliamos as equipes médicas e de enfermagem. Isso vai trazer uma melhoria para o Hospital São José e para região também. Mais do que isso, a gente veio também para fiscalizar onde vai funcionar o nosso ambulatório especializado na atenção do pré-natal. Vai ser um ambulatório especializado para as mulheres da região. Uma série de melhorias para cidade de balsas e região”, explicou o secretário Carlos Lula.

A unidade realizará adequações, como ajustes desde a porta de entrada, pré-parto, parto e alojamento conjunto até a individualização de leitos no pré-parto e parto, climatização do pré-parto e alojamento conjunto. Atualmente, o Hospital São José já dispõe, entre outros serviços, de diagnóstico por imagem (ultrassonografia), diagnóstico por laboratório clínico e eletrocardiograma, além de serviço de farmácia.

Encontro

Em Balsas, o secretário Carlos Lula e a subsecretária Karla Trindade estiveram com o gestor Regional de Saúde, Eliabe Varderley da Silva Aguiar, a coordenadora de Educação da URS, Kátia Regina Coelho, o diretor de Saúde da URS, Anildo Costa Oliveira, Luís Henrique, da Cir, entre outros.

Na reunião, o grupo técnico tratou da regulação de serviços, regionalização, avaliação dos serviços do Hospital São José. “A nossa proposta é fortalecer a qualidade e a descentralização dos atendimentos”, ressaltou Karla Trindade. Já para Eliabe Varderley da Silva Aguiar, o Governo vem demostrando o compromisso com a saúde da população de Balsas.

Inaugurações

Em Imperatriz, o Governo do Estado inaugurou, nesta sexta-feira (18), o Hospital Macrorregional Drª Ruth Noleto, é a principal referência no tratamento de câncer para 43 cidades maranhenses das regionais de saúde de Imperatriz, Açailândia, Barra do Corda e Balsas. A unidade funciona na modalidade porta fechada e disponibiliza tratamento qualificado e especializado, com atendimento oncológico adulto, para população da região. “Estamos ampliando a qualidade do serviço de Imperatriz, impactando também na região de Balsas”, observou Carlos Lula.

A unidade receberá os pacientes enviados por meio da Central de Regulação. O hospital é referência regional para o atendimento oncológico, com prestação de serviços para região de Imperatriz e regiões circunvizinhas.

Andréa Gonçalves
Publicidade

Publicidade