Tags

Em 1964 havia um plano para a classe média... E agora?

Publicidade
Nas redes sociais, boa parte da classe média apoia o golpe com a presidenta Dilma e mesmo a prisão do ex-presidente Lula. Em 1964, ano do golpe militar brasileiro, havia um plano para pagar esse apoio pois o Brasil despontava como potência e devia apenas US$ 2 bilhões no exterior e sua dívida interna era ínfima.
Classe média alta adere ao golpe. Mais pobres defendem Dilma
Classe média alta adere ao golpe. Mais pobres defendem Dilma. Foto: Último Segundo
Naquele ano e nos seguintes, apenas, os trabalhadores pagaram a conta da farra dos poderosos com o fim da estabilidade no emprego e sua substituição pelo FGTS além do aviltamento progressivo do salário mínimo nacional.


Agora, parte da classe média embarca no golpe ora gerado porque acredita que auferirá recursos provindos do arrocho da classe operária e do fim dos programas sociais do governo federal como o Bolsa Família e o Minha Casa Minha Vida.

Bem, se em 1964 havia um plano, é bom lembrar para este mesmos setores que em 2016 inexiste quaisquer projetos para o setores médios devido a dívida pública tomar boa pate do Produto Interno Bruto (PIB).

A história jamais se repete. Na primeira vez acontece a tragédia e depois vem a farsa, lembrava Karl Marx.

Frederico Luiz
Publicidade

Related Posts
Disqus Comments