Requalificação asfáltica alcança 70km vias urbanas

Publicidade
Bairros como Jardim São Cristóvão, Jardim São Raimundo, Pontal da Ilha, Santa Clara e vilas Cascavel, Cotia, Magril, Riod, Vitória e Apaco ganharam uma nova cara com as obras de requalificação de vias urbanas realizadas pela Prefeitura de São Luís. A Secretaria Municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp) pavimentou 218 vias, sendo desenvolvido atualmente serviços de drenagem superficial, colocação de sarjeta e calçada.

Fotos de A. Baêta




São aproximadamente 70 mil metros de asfalto, 140 mil metros de drenagem superficial e além de calçadas. As obras trouxeram benefícios para o trânsito de veículos e pedestres, além de contribuir para melhoria da saúde da população. "Aqui era um sofrimento, imagine um bairro sem uma rua asfaltada, era um poeiral. As crianças viviam gripadas, com tosse e alergias. Agora temos orgulho de viver aqui, um novo bairro", disse a dona de casa Jeane da Conceição Marques, moradora da Rua Litorânea, no Jardim São Raimundo.

Adeliane Rose Rocha, que tem dois filhos, um de dois anos e outro de apenas um mês, disse que está feliz em criar seus filhos em um lugar melhor. "Nós vivíamos aqui com muito sofrimento, muita lama e poeira durante todo o ano. Agora, quando abrimos a janela de nossas casas, o que olhamos é um lugar mais bonito, bom para viver", disse.

Vila Riod

Depois de quase 30 anos de espera, os moradores da Vila Riod também comemoram a chegada do asfalto nas ruas do bairro. "Podemos dizer que a Vila Riod está toda no asfalto, um alegria para os moradores. Foram 24 anos de espera e, agora, o prefeito Edivaldo prometeu e cumpriu", disse o presidente da Associação dos Moradores da Vila Coronel Riod, João Cardoso.

Entre as ruas beneficiadas no bairro estão Santa Rita, Santa Terezinha, São Pedro, União, Trecho da Rua da Secretaria, Sol Nascente, Edeulino, São José I e II, Rua da Paz e Travessa do Aterro, São Sebastião, Menino Jesus, Jerusalém, Nossa Senhora de Fátima, Fé em Deus e Rua São José 3.

O secretário municipal de Obras e Serviços Públicos (Semosp), Antônio Araújo, explicou que as vias receberam todo um preparo para a aplicação da camada asfáltica, incluindo terraplanagem e nivelamento do solo, uma vez que a maioria delas estavam sem nenhuma condição de trafegabilidade.

Valorização

Jeovan Martins, que vive no Residencial 12 de Outubro, contou que agora seu imóvel está mais valorizado. "Eu não penso em sair daqui, mas se fosse vender a minha casa com certeza venderia por um preço muito melhor do que antes da chegada do asfalto", contou.

Agência São Luís
Publicidade