Imperatriz volta aos treinos e inicia contagem regressiva

Publicidade
Depois de realizar, no último sábado (16), o único amistoso antes de estrear no estadual de 2016 e empatar por 1 a 1 com o Águia de Marabá, no Pedro Maranhão, em Açailândia, o time do Imperatriz voltou aos treinos na tarde dessa segunda-feira (18), no Frei Epifânio. O gol do Imperatriz foi do meia Anderson, aos 43 minutos do primeiro tempo. Leo Rosa, cobrando falta, empatou aos 27 minutos do segundo tempo.

Arte: Reprodução, Facebook

O time do Cavalo de Aço passou uma semana em Açailândia, onde fechou a pré-temporada com o amistoso contra o Águia, como forma de agradecimento pela atenção da cúpula da prefeitura municipal, através da Secretaria de Esportes, que tem à frente o secretário Glen Soares.

Ontem pela manhã, os jogadores ficaram em repouso e à tarde realizaram treino físico, seguido de técnico. Antes, o técnico Marcelo Salles, em sua preleção, lembrou que nessa segunda-feira iniciou a contagem regressiva para a estreia no Campeonato Estadual de 2016. O treinador falou sobre a ansiedade que sempre acontece antes do início de uma competição e agora não está sendo diferente com os jogadores do Cavalo de Aço.

Nesta terça-feira (19), treinos em dois períodos, sendo pela manhã academia e à tarde, estádio. O apronto, ocasião em que o treinador Marcelo Salles vai definir o time para a estreia, será nesta quarta-feira (20), no Frei Epifânio. Quinta-feira (21), treino recreativo e sexta-feira, apenas trabalho de fundamentos, como jogadas ensaiadas, chutes a gol, entre outras. Os goleiros fizeram treino específico com o professor Ronald Cascaes.

Os ausentes do treino foram o lateral direito Clayton Carioca e o volante Marquinhos. Clayton está com lesão na panturrilha da perna direita desde o início do mês, lesionado em um treino, enquanto que Marquinhos lesionou a parte posterior da coxa direita no amistoso contra o Águia de Marabá, sábado passado. Os dois fizeram fisioterapia ontem e são dúvidas para a sábado.

Para a estreia, o treinador deve promover pelo menos duas alterações: no meio-campo e no ataque. Ele pode reforçar o meio com a saída de Edson, colocando mais um marcador para liberar Rubens, que - livre da obrigação de marcar - poderá armar melhor o ataque. Cris, que não foi nem relacionado para o amistoso contra o Águia, pois tinha chegado apenas dois dias antes do amistoso, deverá merecer mais atenção nesta semana e pode até jogar contra o Maranhão. Jailton Seedorf também deverá ser preparado para entrar no jogo.

Dema de Oliveira, O Progresso
Publicidade