Formação de educadores para o ano letivo de 2016

Publicidade
A Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed), iniciou nesta terça-feira (26) o primeiro encontro de formação continuada para coordenadores pedagógicos da área de Educação Infantil para o ano letivo de 2016. Com o tema "Currículo na Educação Infantil: experiência, interações e brincadeiras", a atividade segue até esta quarta-feira (27) no auditório da Secretaria de Estado das Cidades (Secid).
Prefeitura de São Luís realiza formação de educadores. Foto: Fabrício Cunha
O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, ressaltou a importância desse planejamento para a garantia da qualidade do processo educacional determinada pelo prefeito Edivaldo. "É na jornada pedagógica que se planejam todas as atividades do ano letivo. Por isso, é de suma importância que esse momento seja precedido de uma formação com gestores e coordenadores pedagógicos. É um momento de enriquecimento da prática pedagógica, troca de experiências e de alinhamento das estratégias para estimular o desenvolvimento de nossas crianças", explicou o titular da Semed.

O encontro inicia oficialmente o calendário de formações oferecidas pela Prefeitura aos educadores do município em 2016. Na programação, estão palestras sobre o desenvolvimento infantil e estratégias para organizar brincadeiras, promover a interação entre as crianças e estimular o aprendizado de forma lúdica. A intenção é dar subsídio para que os coordenadores organizem a jornada pedagógica de suas respectivas unidades de ensino, preparando-as para o ano letivo de 2016, previsto para ser iniciado no dia 22 de fevereiro nas escolas de Educação Infantil.

Capacitação

A formação é ministrada pela professora Maria da Penha Teófilo, doutoranda em Educação pela Universidade Federal do Maranhão (Ufma) e pela professora da rede municipal Luciana Lima. "Queremos estimular mais os professores para essa dinâmica no ensinar, oportunizando por meio da formação, o fortalecimento da identidade profissional dos coordenadores pedagógicos das unidades básicas. É um momento de enumerar o que já temos e de debater o que precisamos melhorar, e também de discutir quais os temas importantes que serão trabalhados no decorrer do ano letivo, visando o desenvolvimento das diversas ações dentro da escola", destacou Maria da Penha.

Para Maria Raimunda Silva de Jesus, coordenadora pedagógica da Unidade de Educação Básica (UEB) Nadir Moraes (Coroado), a formação é uma oportunidade ímpar de reflexão sobre o fazer pedagógico. "Gosto de participar das formações porque elas trazem muitos conteúdos novos que auxiliam o nosso trabalho dentro da escola. São soluções inovadoras, formação teórica e oficinas que melhoram nossa produção e nossa dinâmica dentro da sala de aula e no atendimento às crianças", destacou a coordenadora.

Agência São Luís
Publicidade