Eliziane adota velha tática de atacar sem propor. Falta oposição na Ilha

Publicidade
A deputada federal Elizane Gama gastou quase 10 mil letras para anunciar ao ludovicense que em caso de vitória nas urnas deste ano o eleitorado pode esperar uma rede de biblioteca. Foi só. Sobrou críticas ao prefeito Edivaldo e faltou propostas.
Edivaldo (E) tentará reeleição e enfrenta oposição dos deputados federais Eliziane Gama (PPS) e João Castelo (PSDB). Foto: Jornal Pequeno
De forma alguma o Jornal Pequeno pode ser responsabilizado pelo fraco desempenho da pre-candidata da Rede. Quais são os principais eixos de seu Plano de Governo? Perguntou Itevaldo Júnior e ainda insistiu: Caso a senhora seja eleita prefeita de São Luís qual será sua primeira ação? De nada adiantou  a insistência do JP, espremeu-se apenas a Rede de Bibliotecas.

Eliziane liderou pesquisas em 2015 na versão estimulada, mesmo assim, a folga do começo do ano tornou-se empate técnico do começo de dezembro do ano passsado. Na espontânea, o prefeito Edivado do PDT tem o dobro das intenções de votos, desde setembro, veja aqui na Aldeia TV.


A pura crítica vazia, sem razão, sem proposição, sem demonstração de alternativas parece perder terreno para o eleitorado, mesmo aquele predisposto a votar na oposição. De nada adiante ficar no berço ou na rede esplêndida sem indicar experiências para administrar.

Frederico Luiz
Publicidade