Seleção vence o Canadá e é campeã do Torneio

Publicidade
A seleção brasileira provou mais uma vez porque é tão respeitada em todo o mundo. É claro que a seleção em questão é a feminina, que não leva 7 a 1 e faz 11 a 0 em seus adversários. Neste domingo, as brasileiras venceram o Canadá por 2 a 1, de virada, e levantaram a taça da Copa Caixa de Futebol Feminino pela sexta vez, diante de um bom público na Arena das Dunas, que contou com 10.643 torcedores.
Mônica
Mônica marcou um dos gols. Foto: AFI
O Brasil entrou em campo com a vantagem do empate, já que na primeira fase se classificou com a melhor campanha, com três vitória, 19 gols marcados e apenas um sofrido. Bateu Trinidad e Tobago por 11 a 0, México por 6 a 0 e o Canadá por 2 a 1. No segundo confronto com as canadenses, mais uma vez a partida foi equilibrada.

A equipe do técnico Vadão soube jogar com o regulamento, mas também foi incisiva e mostrou muita segurança para conquistar o título. Depois de um primeiro tempo de estudos entre as equipes, a segunda etapa começou a todo vapor e logo no primeiro minuto, Beckie abriu o placar para as norte-americanas.

Mas o Brasil não deu tempo para nenhuma comemoração e aos dois minutos, Andressa Alves marcou o do empate e devolveu o título para as brasileiras. Para completar, Mônica se destacou e foi soberana dentro da área. A zagueira marcou duas vezes de cabeça, aos 18 para virar, e aos 35 para lacrar.

Terceiras

No jogo que valia a terceira colocação da competição, o México deu um calor na equipe de Trinidad e Tobago, que fez sua melhor partida no torneio e conseguiu não tomar mais uma goleada. As mexicanas venceram a partida por 2 a 1, mas o resultado poderia até ser mais largo se não fosse pela grande atuação da goleira trinitina Palmer. As defesas da goleira deram esperanças às companheiras, que conseguiram diminuir a diferença no placar, quando perdiam por 2 a 0, mas não foi o suficiente para conseguir um empate

AFI
Publicidade