Sampaio enfrenta hoje o Boa Esporte

Publicidade
O duelo é em Varginha. Terra de causos extraordinários e personagens exóticos. Em campo, dois times com objetivos distintos, que terão noventa minutos para buscar um único resultado que realmente interessa no momento, sem intromissões alienígenas. É o que se espera.
Sampaio joga hoje em Varginha. Foto: SampaioCorreaFC
O Sampaio tem problemas para a partida. Ponto. Mas sobra determinação para superar os obstáculos. Esse roteiro já estava pré-escrito, desde o prólogo desta edição, e transformá-lo em tema favorável é a grande sinopse a ser escrita. Sim, a Bolívia Querida quer fazer história, e parte dessa aventura passa pela cidade de Varginha.

É jogo de final. A primeira de oito decisões que o Tubarão terá pela frente. Um trajeto nada amistoso, mas que precisa ser percorrido para se chegar ao portal aonde apenas quatro times poderão entrar. Essa é a regra. Assim que tem de ser.

A contagem já está aberta. Quando a noite desabar, o Sampaio entrará em campo, envergando a sua indefectível armadura Tricolor, aquela que brilha até mesmo nas terras mais longínquas. Acreditar é preciso, e quem é Sampaio possui essa arte encrustada na pele.

SampaioCorreaFC
Publicidade