Príncipe saudita é preso ao tentar embarcar com 2t de drogas

Publicidade
Nesta segunda-feira, 26, o príncipe saudita Abdel Mohsen ibn Walid ibn Abdelaziz foi detido com o maior carregamento de drogas já apreendido no aeroporto de Beirute, no Líbano. As informações foram dadas pela agência de notícias AFP.


De acordo com uma fonte da segurança do aeroporto, o príncipe, junto com outras quatro pessoas, tentavam embarcar com cerca de duas toneladas de tabletes de Captagon (um tipo de anfetamina) e cocaína armazenadas em caixas, em um avião privado com destino a Riad, capital da Arábia Saudita.

Os cinco homens permaneceram no aeroporto, onde foram “interrogados pelos serviços alfandegários”, afirmou a fonte de segurança. Segundo ele, esta é “a maior apreensão no aeroporto internacional de Beirute”.

O Líbano e a Síria são importantes centros de produção de Captagon. Como mostra o relatório das Nações Unidas, publicado em 2014, o uso de anfetamina tem crescido no Oriente Médio, principalmente na Arábia Saudita, na Jordânia e na Síria.

Opinião e Notícia
Publicidade