Operação Attalea prende Fernando Júnior da Escutec

Publicidade
O dono da empresa Escutec, Antonio José Fernando Junior Batista Vieira, conhecido pelas pesquisas eleitorais de intenção de votos manchadas de erros em diversos levantamentos no estado, foi preso pela Polícia Federal nesta terça-feira(20).
Fernando Júnior
Fernando Júnior, da Escutec. Foto: Getty Images
Ele foi levado para a sede da PF na Capital no desencadear da Operação Attalea realizada nas cidades de Anajatuba e São Luís. Foram executados oito Mandados de Prisão, uma condução coercitiva e três Mandados de Cumprimento de Medidas Cautelares Diversas da Prisão.

Fernando Junior é acusado de atuar em diversos municípios com empresas fantamas e fazer parte de uma quadrilha fraudando processos licitatórios e desviando recursos públicos federais do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação Básica (FUNDEB) e do Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), por meio da contratação de “empresas e fachada”.

A Operação Attalea é resultado de um trabalho conjunto da PF com o Ministério Público Federal (MPF), Ministério Público do Maranhão (MP-MA) e Controladoria-Geral da União (CGU). O inquérito foi instaurado em julho de 2014. Em novembro do mesmo ano, o caso foi destaque na primeira reportagem do quadro ‘Cadê o dinheiro que estava aqui?’, do ‘Fantástico’, da TV Globo.

Domingos Costa
Publicidade