Governo apoia startups da Ilha e do Continente

Publicidade
O Governo do Estado, por meio de várias iniciativas, trabalha, constantemente, para aprimorar os serviços públicos. Neste sentido, a Fundação de Amparo à Pesquisa e ao Desenvolvimento Científico do Maranhão (Fapema), órgão da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), lançou o Edital nº035/2015, por meio do qual serão selecionadas empresas emergentes, constituídas há até três anos, que desenvolvam software, hardware e serviços de tecnologias da informação. A submissão eletrônica de propostas pode ser feita até o dia 20 de outubro pelo site da Fapema. O valor total do projeto será de R$ 8.116.000.

As chamadas ‘startups’ devem ter sede no Maranhão e desenvolver bens ou serviços ou processos inovadores. “Sabemos que surgem ideias maravilhosas e queremos usar isso a favor do povo, seja na área da saúde, com a marcação de consultas, por exemplo, na área do transporte, com informações sobre as linhas de ônibus, existem muitas opções para quem quer trilhar por esse caminho”, pontuou o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Bira do Pindaré.

Os projetos aprovados devem ser executados em até 12 meses e receberão apoio com valor máximo de R$ 8.1160. Dentro disso, estão previstas as bolsas mensais em diferentes modalidades, como Estágio em Inovação 1 e 2; e Aperfeiçoamento e Gestão em Inovação. Estão inseridos, ainda, os bens de consumo e custeio, que correspondem a passagens e material de consumo, por exemplo.

De acordo com o secretário Bira do Pindaré, 30% dos projetos aprovados serão de proponentes oriundos do continente do Estado. “É fundamental que estas ‘startups’ atuem em diferentes regiões de forma que haja a propagação da Ciência e Tecnologia”, disse. A seleção levará em conta o enquadramento e a análise do mérito técnico-científico. As iniciativas também serão avaliadas por um Comitê de Julgamento. O cronograma com todas as etapas a serem seguidas consta no edital.

+GovernoMA 
Publicidade

Publicidade