MA investe na democratização do ensino

Publicidade
Sáride Maíta e Paula Lima

São Luís, MA. O secretário de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Bira do Pindaré, participou, na manhã de sábado (28), da aula inaugural de oito cursos técnicos ofertados na modalidade a distância pelo Núcleo de Tecnologias para Educação da Universidade Estadual do Maranhão (UemaNet). A cerimônia foi realizada no auditório da Federação das Indústrias do Estado do Maranhão (Fiema), no retorno da Cohama.

Durante a cerimônia, Bira afirmou que o fortalecimento da Uema e a democratização do ensino por meio de ferramentas como o UemaNet são prioridades na gestão do governador Flávio Dino para superação dos atuais indicadores sociais do estado. O secretário frisou que não há como pensar em desenvolvimento econômico, social, político, cultural, sem investir na formação das pessoas, na qualificação profissional.

“É preciso unir todo o sistema de ciência, tecnologia e ensino superior para oferecer aos maranhenses o melhor sistema de educação técnica e profissional e tirar o estado do lugar entre os piores indicadores sociais do país”, afirmou.

Bira do Pindaré também reforçou o compromisso da Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior (Sectec) com a determinação do governador Flávio Dino de que a formação gratuita e profissionalizante no Maranhão esteja no foco das ações da secretaria.

A coordenadora do UemaNet, Ilka Serra, destacou o empenho da equipe da universidade para garantia da qualidade do ensino. “A universidade ultrapassa sua missão, de formação de nível superior, ao ofertar cursos técnicos de nível médio, porque entendeu que democratizar a educação ajudaria a diminuir os déficits educacionais do Estado. Esses cerca de 3 mil alunos dos cursos técnicos, que iniciam agora, são muito importantes para nós. Parabéns e sucesso nessa nova jornada”, afirmou na solenidade.

A aula inaugural dos cursos foi ministrada pelo professor doutor João Vianney. A aula foi transmitida via web conferência para os 22 polos de Apoio Presencial dos cursos ofertados pelo UemaNet: Alimentos, Controle Ambiental, Guia de Turismo, Informática, Mineração, Redes de Computadores, Segurança do Trabalho e Serviços Públicos.

O palestrante João Vianney destacou as principais características da educação à distância, que inclui a flexibilidade de local e horário de estudo; autoaprendizagem; usabilidade avançada para internet e novas mídias; atividades de coaprendizagem e pesquisa em rede; maior carga didática de leitura e atividade; dentre outras.

“Não pense que a EaD é mais fácil do que o ensino presencial. Não é. Exige muito mais esforço, exige muito mais dedicação. Até porque os empregadores da atualidade não querem pessoas que tem só um diploma. Não basta só um papel tem que ter competência. E digo que sem esforço não há conquista”, explanou o professor João Vianney durante a palestra.

Na oportunidade, ainda, ocorreu o lançamento do curso aberto sobre Empreendedorismo, sendo o terceiro lançado pela Instituição. O primeiro foi Negociação e o segundo Bioética. O curso aberto de Empreendedorismo tem duração de 60 horas, e constitui uma iniciativa da Universidade Estadual do Maranhão para proporcionar acesso livre aos conhecimentos produzidos pelo meio acadêmico.

O curso se consiste em uma proposta de metodologia flexível. Os cursistas podem acessar o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA) conforme sua conveniência, coaprendendo entre pares, por meio da participação nos fóruns. O conteúdo está distribuído em múltiplos objetos de aprendizagem. Esta é mais uma iniciativa da instituição no universo dos cursos abertos a distância.

Participaram da solenidade: o secretário Bira do Pindaré; o vice-reitor da Uema,Walter Canales; os pró-reitores de Graduação (Prog) e Extensão e Assuntos Estudantis (Proexae) da Instituição, Andréa Araújo e Porfírio Candanedo, respectivamente; a coordenadora-geral do UemaNet, Ilka Serra; a coordenadora adjunta do e-Tec/Uema, Karina Pinheiro; a diretora administrativa do Grupo Dalcar, Fernanda Albuquerque; além de diretores e coordenadores de cursos, coordenadores de polo, chefes de departamentos, tutores, professores e assistentes dos cursos técnicos.

Bira do Pindaré
Aula inaugural foi realizada no auditório da Fiema e transmitida aos 22 polos de apoio presencial
Professor doutor João Vianney
Professor doutor João Vianney destacou os desafios e a importância da perseverança na aprendizagem
Publicidade

Publicidade