Vai Quem Quer

Publicidade

Vai Quem Quer


Gerson Pinheiro

Quem quer ver vai

   Vai Quem Quer

       Apenas Pirapemas.

          Teto de palha

             Paredes de palha

                 Piso de terra solta

                    Poeira, fome, dor.

Porta de esteira

   Esteira de palha

       Mesa, piso, cama

           Confundem-se em pó.

Pó, terra solta, sem liga

   Não ligas!

Sertão, solidão, pés no chão.

   Esparramados

       Inchados

           Bichados

                Sangrados!

Vasta pança, cambitas finas.

   Sem escolha

      Fé em sina

          De sofrer, outra não há!

Olhos esbugalhados

   Contemplam desilusão.

      Tem em todo o Maranhão

         Vai Quem Quer

             Quem quer vai e vê.

Não apenas Pirapemas

   Tem.

   Quem quer ver, vê mais além.
Publicidade