São Luís: Blocos e Escolas fazem a festa

Publicidade
Carolina Nahuz

São Luís, MA. Desde quinta-feira (12), o Anel Viário se transformou no espaço do samba e de reunião das manifestações culturais maranhenses. Diversos grupos carnavalescos e grupos de Tambor de Crioula já se apresentaram na Passarela do Samba e outras atrações deverão cruzar a avenida até terça-feira, incluindo a já famosa Trupiada da Ilha, que reúne diversos grupos de bumba meu boi.

A programação começa às 18h, com grupos de Tambor de Crioula no entorno da passarela do Samba e com a apresentação dos Blocos Organizados, que se estende até às 20h55. Passam pela passarela Os Gorgeadores; Sambistas do Caroçudo; Canto Quente; Os Liberais; Beatos do Samba e Mocidade de Fátima.

Carnaval de Todos Nós
A programação faz parte do Carnaval de Todos e se estende até terça-feira, 17
Em seguida começa o segundo dia de desfile das Escolas de Samba. A primeira agremiação a entrar no circuito é aTerrestre do Samba, seguida de Império Serrano; Marambaia; Favela do Samba e Turma do Quinto.

Neste domingo(15), desfilaram as escolas Mocidade Independente da Ilha; Turma de Mangueira; Unidos de Ribamar; Túnel do Sacavém e Flor do Samba.

Folia e prestação de serviços - Cerca de 50 manifestações culturais já se apresentaram na Passarela do Samba no Carnaval deste ano, dentre blocos Afro, Organizados e Tradicionais; Tribos de Índios, Turmas de Samba e Escolas de Samba, além de grupos de Tambor de Crioula.

Aldeia Global publicou sobre o carnaval em São Luís:
Bailes para público em situação de risco
Público prestigia 2ª noite do Carnaval

No desfile do sábado (14), os Blocos Tradicionais do grupo A fizeram homenagens a personalidades da história recente do Maranhão, como o estilista Chico Coimbra, tratado no tema d'Os Brasinhas. Os Tropicais do Ritmohomenagearam a cidade de Alcântara. O Kambalacho do Ritmo levou à passarela o homem de lata, personagem do famoso filme O Mágico de Oz, enquanto o Reis da Liberdade foram ainda mais longe na história e apresentaram ao público a leitura que o bloco fez do deus romano Baco, daí a distribuição de uvas ao público empolgado na passarela do Samba.

Paralelamente às apresentações culturais, o Carnaval de Todos está sendo, mais uma vez, espaço para campanhas de saúde. Um estande do Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) está distribuindo preservativos masculinos e femininos e fazendo testagem de HIV. "O resultado sai em, no máximo, 40 minutos", conta a coordenadora de equipe do estande, Suelma Nery.

A programação do Carnaval de Todos é uma parceria da Prefeitura de São Luís com o Governo do Estado do Maranhão. O trabalho em conjunto tem permitido aos foliões contar com a realização de um maior número de brincadeiras em vários pontos da Ilha.

A organização dos desfiles e concurso da Passarela do Samba é uma realização da Fundação Municipal de Cultura (Func), em parceria com a Associação Maranhense de Blocos Carnavalescos (AMBC), União das Escolas de Samba do Maranhão (UESMA) e Associação de Blocos Tradicionais do Estado do Maranhão (ABTEMA). Este ano, o evento tem o patrocínio oficial da Ambev.
Publicidade

Publicidade