Sampaio Corrêa pressiona mas empata com Cururipe

Publicidade

Sampaio Corrêa fica no 0 a 0 com o Coruripe pela Copa do Nordeste


ESPN

Apesar de movimentado, o duelo entre Sampaio Corrêa e Coruripe, pela 4ª rodada da Copa do Nordeste, acabou empatado em 0 a 0 no Maranhão. Superiores em boa parte da partida, os donos da casa esbarraram na marcação do Coruripe e nas boas defesas do goleiro Carlos. Já os visitantes também criaram oportunidades, principalmente pelas beiradas do campo, mas não conseguiram superar o arqueiro Dida. No penúltimo minuto do confronto, o atacante Edgar, do time maranhense, recebeu o segundo amarelo por simulação e acabou expulso.

O resultado da partida pouco alterou a situação do Grupo B da Copa do Nordeste. O Sampaio Corrêa segue na liderança, com cinco pontos, um a mais que o Sport. Já o Coruripe é o 3º colocado, com três pontos ganhos até o momento.

O jogo

O começo foi acirrado no Castelão, com muitas disputas de bola no meio-campo, mas poucas ações ofensivas nos primeiros minutos. Tanto que, antes que houvesse uma chance perigosa, saiu um cartão amarelo, para Léo Maceió, do Coruripe, aos dez minutos. Somente aos treze os visitantes conseguiram ameaçar a meta de Dida em chute forte de Denilson, que o goleiro conseguiu defender. No rebote, Casagrande mandou a bola para fora.

Os donos da casa responderam aos 19, quando Raí chutou forte e forçou defesa difícil de Carlos. Nos minutos seguintes, o Sampaio Corrêa seguiu trocando mais passes, mas com dificuldades em encontrar espaços na zaga visitante. A oportunidade seguinte, no entanto, foi do Coruripe, e aconteceu aos 30 minutos. Casagrande recebeu de Ivan e finalizou com firmeza, mas a bola passou à direita da meta.

Nos minutos finais da primeira etapa a superioridade mandante se mantinha, principalmente com trocas de passes entre os meio-campistas e os atacantes do Sampaio Corrêa. Os visitantes, por sua vez, apostavam nos contra-ataques e nos cruzamentos na área. Mas a última boa chance da primeira etapa foi mesmo dos donos da casa: aos 46, Válber chutou de longe e surpreendeu o goleiro Carlos, mas a bola foi para fora, passando perto da meta alagoana.

Os visitantes voltaram melhores do intervalo, trocando mais passes e dominando o meio-campo. A superioridade, no entanto, não se traduziu em chances de gol, e a primeira oportunidade foi do Sampaio Corrêa. Aos dez minutos, Raí chutou forte da entrada da área e obrigou Carlos a fazer boa defesa, mandando a bola para escanteio.

Na sequência, a partida voltou a ficar mais aberta. O Coruripe dava trabalho à defesa pelas laterais, principalmente com o atacante Ivan. Já os donos da casa trocavam passe pelo meio e construíam mais jogadas ofensivas. Aos 17 e aos 20 minutos, os maranhenses tiveram duas oportunidades seguidas: a primeira em chute de longe de Cleitinho, defendido por Carlos; e a segunda em chute de Edgar para fora.

Nos últimos minutos, os mandantes ainda exigiram mais duas boas defesas do arqueiro do Coruripe: aos 40, em chute de Edvânio, e aos 44, com nova finalização de Raí. Ainda houve tempo para Edgar ser expulso. Após cair perto da área adversária em lance que o juiz considerou simulação, o atacante recebeu o segundo cartão amarelo e foi para o chuveiro um pouco mais cedo, já que a partida acabou um minuto depois.

Publicidade

Publicidade