Flávio Dino e cúpula da Segurança avaliam índices

Publicidade
Mariana Salgado

São Luís, MA. Na reunião desta sexta-feira (30) com a cúpula da Segurança Pública no Maranhão, o governador Flávio Dino tomou conhecimento sobre as principais ocorrências dos últimos 8 dias. Planejamento para melhor atendimento à população, desbaratamento de quadrilhas especializadas em assalto a banco, revisão de contratos de prestação de serviço e melhorias estruturais para a Segurança do Estado foram os destaques mais importantes.

Ouvindo os responsáveis pela direção da Secretaria de Segurança Pública (secretário Jefferson Portela), Polícia Militar (subcomandante coronel Sá), Corpo de Bombeiros (coronel Célio Roberto), Polícia Civil (delegado Augusto Barros) e Sistema Penitenciário (secretário Murilo de Andrade), o governador determinou uma série de avanços para a melhoria dos índices de violência no Estado. Foram apresentadas as ações realizadas na capital e no interior no Estado.

Flávio Dino
Flávio Dino garantiu mais recursos para a segurança pública
A abertura do edital para convocação dos excedentes do concurso para a Polícia Militar e a compra de material que possibilitem o melhor desempenho na prevenção de crimes foi discutido. Nesta semana, o governador autorizou a compra de sistema de comunicação por rádio entre os policiais, que possuíam déficit no contato para combate ao crime, até então realizado através de celulares.

Outros avanços também foram planejados, como a compra de lâmpada noturna para o helicóptero do GTA e a redistribuição dos PMs entre os municípios, para garantir que as populações de cada um deles – desde pequenos até as metrópoles – tenham segurança e atuem no combate às drogas.

Outro ponto debatido foi garantir a finalização de obras da Segurança Pública que hoje se encontram paradas. O governador determinou aos secretários e comandantes de corporação que busquem as empresas responsáveis por cada obra e garantam a rapidez na entrega do serviço, pelo preço contratado. Um dos casos apontados é a construção da delegacia de Imperatriz, localizada dentro do Batalhão da Polícia Militar, que está paralisada.

Foram discutidos também os próximos passos para a implantação do programa nacional de combate às drogas “Crack, é possível vencer”. Na cidade de Imperatriz, por exemplo, estão previstas instalações de câmeras de vigilância em áreas de maior periculosidade. Em relação ao Corpo de Bombeiros, o treinamento de brigadas e novas instalações para o grupamento marítimo na capital.

A reunião acontece semanalmente na sede do Governo do Estado e o governador avalia junto à equipe que comanda as operações da Segurança Pública os resultados semanais. O objetivo do trabalho de acompanhamento constante é diminuir progressivamente os índices de violência que cresceram nos últimos anos em todas as regiões.
Publicidade