4 mil inscritos em seletivo para professores

Publicidade
Carolina Nahuz

São Luís, MA. Mais de quatro mil educadores se inscreveram no Processo Seletivo Simplificado para contratação temporária de profissionais para atuarem no Programa Nacional de Inclusão de Jovens (Projovem Urbano). O programa é executado pela Prefeitura de São Luís, por meio da Secretaria Municipal de Educação (Semed) em parceria com o governo federal. As inscrições para os profissionais que atuarão no programa encerraram na última terça-feira, 3.

A expectativa era que até duas mil pessoas se inscrevessem. Para atender ao grande contingente de pessoas, 23 pessoas trabalharam no atendimento aos candidatos. O secretário municipal de Educação, Geraldo Castro Sobrinho, reforçou a importância do trabalho dos educadores."O êxito deste programa e a perseverança dos jovens que nele se inscreverem depende muito do incentivo e inspiração que serão oferecidos pelos seus professores. Portanto, é motivo de alegria ver tantas pessoas interessadas em fazer parte deste trabalho", disse o secretário, ao conversar com os professores que aguardavam pela inscrição no processo seletivo.

Professores
Prefeitura contabiliza mais de 4 mil inscritos em seletivo para professores do Projovem
O processo oferece 120 vagas nas seguintes especialidades: Educador Especialista de Língua Portuguesa, Educador Especialista em Matemática, Educador Especialista em Ciências Naturais, Educador Especialista em Ciências Humanas, Educador de Participação Cidadã, Educador de Acompanhamento de Acolhimento de Crianças, Educador de Serviços Pessoais, Educador de Construção e Reparos II, Educador de Telemática e Profissional de Apoio na preparação do Lanche. Os salários variam de R$788,66 a R$ 1917,78, para uma carga horária de 30h semanais.

Para Andréia Costa da Silva, candidata a uma vaga no cargo de Educador de Participação Cidadã, trabalhar no Projovem será uma oportunidade de crescimento e aprendizado. "Trabalho na rede municipal há mais de dois anos e também sou professora de faculdade, mas creio que essa será uma oportunidade que vai contribuir muito com a minha formação. O salário também é bom", opinou a candidata.

Vagas

Continuam abertas até o dia 23 de fevereiro as matrículas para os alunos que queiram concluir o Ensino Fundamental por meio do Projovem Urbano em São Luís. São oferecidas 2100 vagas em 12 Unidades de Educação Básica (U.E.B.) da rede municipal.

O Projovem Urbano tem duração de 18 meses e oferece aos jovens a possibilidade de concluir o Ensino Fundamental e ainda fazer um curso de iniciação profissional com certificação, aulas de informática e auxílio de R$ 100 por mês. Para os alunos com filhos, o programa também disponibiliza salas de acolhimento em cada escola, com pedagogos que realizam atividades lúdicas com as crianças enquanto os pais assistem à aula.

Este ano, serão oferecidos cursos nas área de Construção e Reparos II, Serviços Pessoais ou Telemática. O primeiro garante qualificação profissional para os interessados em se tornar eletricista de instalações, trabalhador da manutenção de edificações, instalador ou reparador de linhas e aparelhos de telecomunicações, bem como instalador de sistemas de telecomunicações. Já os jovens que optarem por Serviços Pessoais serão qualificados para atuar como depilador, cabeleireiro, maquiador ou manicure e pedicure. Já os jovens que optarem pelo arco ocupacional Telemática receberão qualificação profissional para atuar como helpdesk/ operador de microcomputador, assistente de vendas ou telemarketing.

As matrículas podem ser feitas nas Unidades de Educação Básica (U.E.B.) Roseno de Jesus Mendes (Vila Janaína), Tancredo Neves (Cidade Operária), Cidade Olímpica (Cidade Olímpica), Alberto Pinheiro (Centro), Monsenhor Frederico Chaves (São Francisco), Olinda Desterro (Vicente Fialho), Rubem Almeida (Coroadinho), Newton Neves (Vila Palmeira), Ministro Mário Andreazza (Liberdade), Rosália Freire (Vila Izabel), João de Souza Guimarães (Divinéia) e Luzenir Mata Roma (Cidade Operária).
Publicidade