Roseana entrou na perna dum pato e saiu na dum pinto

Publicidade
Carta-renúncia, Roseana Sarney
Frederico Luiz

São Luís, MA. O Maranhão tem um novo governador a partir de hoje com a renúncia da governadora Roseana Sarney. Trata-se do presidente da Assembleia Legislativa, Arnaldo Melo, candidato derrotado a vice-governador na eleição de outubro. Ele tomou posse hoje de manhã no plenário Nagib Haickel.

Roseana foi alçada ao cargo em abril de 2009 por meio de um Golpe Judiciário, conforme costuma repetir o ex-presidente do STJ, Edson Vidigal, referindo-se à decisão de cassação do então governador Jackson Lago. Reelegeu-se em 2010 numa votação apertada, na casa dos centésimos, graças às seções eleitores dos municípios onde a oposição deixou de fiscalizar com os votos que se seguiram após às 16h.

Hoje, ela abandonou o governo do Estado e alegou motivos pessoais, conforme a Carta-Renúncia publicada nesta página. Parece conto da Carochinha, mas é a realidade do Maranhão nos últimos anos.

E como grande final, a governadora Roseana entrou na perna de um pato e saiu na perna de um pinto. O Rei-Sinhô me mandou dizer que contasse mais 20 dias até a posse do novo governador, Flávio Dino, do novo senador Roberto Rocha, da nova bancada federal com um período de paz e distribuição de renda.
Publicidade