Norte e NE continuam se caracterizando pela concentração

Publicidade
O Povo Online

Fortaleza, CE. O Ceará possui 44% de seus municípios com Produto Interno Bruto (PIB) per capita inferior a R$ 4.639,63, segundo pesquisa do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) divulgada nesta quinta-feira, 11. Essa renda compõe os 556 municípios do Brasil com menores valores, com 67,9% dos municípios do Piauí, e os 46,5% do Maranhão.

O povo
Os percentuais do Ceará, Maranhão e Piauí configuram 10% dos municípios brasileiros; os 10% dos municípios com maior PIB per capita tinham este indicador 5,3 vezes maior do que os 60% com os menores PIB per capita, ainda conforme o IBGE. Ainda assim, Fortaleza aparece como o 10° municípios mais rico do Brasil, com com uma participação relativa e diferença absoluta do PIB que subiu de 0,9 em 2008 para 1 em 2012.

Os dados mostram ainda que mais de 30% dos municípios do Rio de Janeiro, São Paulo, Mato Grosso e Rio Grande do Sul possuíam PIB per capita superior ao nacional (R$ 22.645,86), enquanto que nenhum no Acre e Roraima tinha essa característica. Entre as capitais, apesar de Vitória ter o PIB per capita mais elevado (R$ 86.009,28), o quádruplo do brasileiro, foi o quarto maior no Espírito Santo, atrás de Presidente Kennedy (R$ 511.967,24), Anchieta (R$ 207.431,8) e Itapemirim (R$ 130.801,25).

Ainda segundo o IBGE, as regiões Norte e Nordeste continuaram se caracterizando pela dependência dos estados em relação às capitais, sendo a principal verificada no Amazonas: Manaus contribuiu com 77,7% do PIB estadual.

O baixo desempenho da indústria de transformação em 2012 foi o principal responsável pela perda de participação no Produto Interno Bruto (PIB) de municípios brasileiros de perfil industrial importante, com destaque para São Paulo, município que gera mais renda no país.

Dados

O Produto Interno Bruto (PIB) dos Municípios é pesquisado desde o ano 2000, em parceria com os órgãos estaduais de estatística, secretarias estaduais de Governo e a Superintendência da Zona Franca de Manaus (Suframa).
Publicidade