A tentativa de destruir Ivamar Ferreira da Silva

Publicidade
Frederico Luiz

São Luís, MA. Por essa, o agricultor e vereador do PT de Janduís-RN, Ivamar Ferreira de Paiva jamais esperava. Há dois dias, uma página da distante Ubaituba-BA (1.161km) divulgou uma foto onde supostamente o vereador pratica sexo anal com um parceiro num posto rodoviário da vizinha Caraúbas-RN (72km).

Mais ainda, num rastilho de pólvora, algumas páginas publicaram que o parlamentar potiguar atirou-se de um rio após a publicação e seu corpo fora encontrado por populares.

Ética a Nocômano
O caso demonstra como se apresenta o século 21 com zilhões de câmeras por todos os lados com sua integração com o celular. Cada vez mais, a chamada vida privada se extingue e em seu lugar entra em cena uma nova modalidade onde todos sabem sobre todos.

Nem pense que publicações com esse conteúdo são típicas de nossas aldeias tupiniquins. A revista italiana Chi, de onde vem nossa língua mãe, após publicar fotos de uma ministra de topless flagrou outra integrante do alto escalão devorando um sorvete de casquinha e o título, hoje mesmo, foi "Ela sabe fazer com o gelato"!

Outra ministra de um País Nórdico foi flagrada por garotos fazendo sexo no alto de um prédio.

Porém, como diz o provérbio português: uma coisa é uma coisa e outra coisa é outra coisa. Uma coisa é publicar fotos de personalidades nacionais de países desenvolvidos, mesmo príncipes e princesas. Outra coisa é desnudar a vida íntima de vereador eleito com 213 votos numa cidade de menos de 6 mil habitantes no conservador semi-árido nordestino.

A Aldeia Global dá notícia destas celebridades, incluindo aquelas que posam para revistas masculinas. Porém, jamais vai expor um agricultor que tem apenas o ensino fundamental e muito dificilmente terá espaços na mídia tradicional para fazer quaisquer contrapontos.

Nem apelo para o feudalismo. Sejamos pelo menos escravistas que nem Aristóteles e sua Ética. Melhor do que ser bestial!
Publicidade