Roberto Rocha reúne-se com senadores do PSB

Publicidade
Roberto Rocha
Senadores querem independência do PSB em relação ao governo Dilma
Add Press

São Luís, MA. O senador eleito Roberto Rocha participou de reunião com o presidente do PSB, Carlos Siqueira, e os outros cinco senadores do partido, na manhã desta terça-feira, 4, em Brasília. O encontro ocorreu na sede da legenda com o objetivo de discutir os rumos que os socialistas irão seguir ao longo dos próximos quatro anos.

Desde o fim do segundo turno, o PSB tem mantido diálogo com governadores eleitos, deputados e senadores, além dos presidentes estaduais do partido, para definir qual será o posicionamento da legenda no contexto político até 2018.

Para Roberto Rocha, essa união em torno de uma opinião comum é importante para uma posição democrática. “O PSB segue discutindo com seus governadores, prefeitos, senadores, deputados, vereadores e dirigentes estaduais e municipais”, explicou o senador eleito.

Segundo ele, a tendência é que o partido seja independente, adotando uma postura que seja positiva e propositiva para o Brasil. “A decisão final será na reunião da executiva, que deverá acontecer na próxima quinzena. Contudo, penso que a posição de independência será majoritária”, destacou Roberto Rocha.

Além do senador eleito pelo Maranhão e do presidente do PSB participaram da reunião os senadores Romário Faria, João Capiberibe, Antônio Carlos Valadares, Fernando Bezerra Coelho e Lídice da Mata, o governador eleito do Distrito Federal, Rodrigo Rollemberg, e o vice-presidente de Relações Governamentais e líder do partido na Câmara dos Deputados, Beto Albuquerque.
Publicidade

Publicidade