Voto Livre e Mandato Popular

Publicidade
Luiz Pedro, Blog do Genivaldo Abreu

Nestes mais de dois meses e meio de campanha, tenho constatado o crescimento do voto livre no Maranhão. Não é algo restrito a São Luís ou às grandes cidades do Estado. Trata-se de um fenômeno que abrange indistintamente pequenas, médias e grandes cidades, com maior profundidade nestas e com menor alcance nas demais.luispedro

Luiz Pedro (D) em evento de radialistas em apoio a Flávio Dino (E) e Roberto Rocha
A meu ver, este é um acontecimento extraordinário e que tem reflexos diretos sobre o desempenho do mandato daqueles que se elegerem com o voto livre e soberano do eleitor maranhense. Sim, porque sem as amarras do poder econômico e sem a força inibidora dos cabos eleitorais profissionais, o parlamentar eleito pelo voto livre poderá atender ao que pretende e pensa Sua Majestade, o Eleitor Cidadão.

Tenho buscado o voto entre esse eleitorado esclarecido e independente, que deseja ter um representante no Parlamento e que se propõe a acopanhar o mandato que ajudou a construir, com sugestões, reivindicações e críticas.

No decorrer da campanha, tenho estabelecido instrumentos de ligação permanente com o eleitorado: criei grupos de whatsapp para o acompanhamento diário da campanha, posto artigos, fotos e vídeos nas redes sociais, forneço o número de meu celular ao eleitor comum e peço o número dele. Pretendo continuar com esses instrumentos no exercício do mandato, ampliando-os no decorrer do tempo.

O jornalista Diego Emir, numa postagem recente, pôs a nu o triste espetáculo dos bandeiraços pagos, nos quais o rosto de desânimo dos agitadores das bandeiras revela a falta de engajamento da “militância” remunerada. O sentimento de satisfação do eleitor com a atuação e as posturas de seu representante é e deve ser a compensação pelo voto livre, consciente e soberano, dado na solidão da cabine eleitoral.

Nota do Genivaldo Abreu: Luiz Pedro é jornalista, exerceu dois mandatos de deputado estadual, foi secretário municipal de Comunicação e presidente da Fundação de Cultura de São Luís. No governo Jackson Lago foi secretário chefe de gabinete do governador. Atualmente, é candidato a deputado estadual com o número 65.400.
Publicidade