Vídeo: a agonia do soldado Clenildo Souza Gomes

Publicidade
Clenildo Souza
Soldado Clenildo, mais um PM assassinado no Maranhão
Redação

São Luís, MA. No Youtube, o usuário PM Costa publicou vídeo com a agonia do Clenildo Souza Gomes que morreu hoje após trocar tiros com suspeitos na feira do bairro Liberdade na capital do Maranhão.



O crime repercutiu no Fantástico na edição de hoje da revista eletrônica. Abaixo, o momento do tiroteio quando um dos suspeitos se aproxima do soldado e atira. Mesmo caído, o PM reage e acerta os dois: Acerola e Caíque.



O G1 publicou sobre o crime:

Tiroteio deixa três mortos na Feira da Liberdade


Um tiroteio deixou um policial militar e dois suspeitos de assalto mortos na manhã deste domingo (14), na Feira da Liberdade, em São Luís, de acordo com informações da Polícia Militar. Morreu o soldado Clenildo Souza Gomes, de 37 anos, integrante do Grupo Tático Móvel (GTM) do 1º Batalhão da PM, e os suspeitos identificados apenas como Caíque Victor Amorim Serra, morador do bairro da Coréia de Baixo, e Max Carvalho, também conhecido como "Acerola", que residia no bairro da Liberdade. Um terceiro suspeito, identificado como "Bruno Pretinho", está foragido.

Segundo a PM, Clenildo que vai ser velado no 1º Batalhão, situado no bairro do Outeiro da Cruz, estava de férias e fazia bico como segurança na feira. O soldado trabalhava em um açougue quando os dois homens chegaram para assaltar o local. Ao perceber a presença do policial, os suspeitos teriam começado a atirar contra ele, que foi atingido e, mesmo baleado, conseguiu revidar e matar dois.

O suspeitos morreram no local. Segundo a polícia, eles faziam parte de uma facção criminosa de São Luís. O soldado chegou a ser socorrido, mas não resistiu aos ferimentos e faleceu a caminho do Hospital Municipal de Urgência e Emergência Clementino Moura, o Socorrão II.

O G1 entrou em contato com a assessoria da Polícia Militar, que ficou de enviar de nota com posicionamento sobre o caso.

É o segundo atentado contra policiais militares em São Luís nos últimos três dias. Na sexta-feira (12), um soldado identificado apenas como Marcelo também foi baleado ao tentar reagir a um assalto e trocar tiros com dois homens, próximo a uma loja de materiais de construção no bairro Forquilha, na capital maranhense. Um dos suspeitos morreu e o outro foi encaminhado para o Centro de Triagem de Pedrinhas.

As imagens assistidas no vídeo acima são do circuito interno da Feira da Liberdade.
Publicidade

Publicidade