Roberto Rocha no senado é a garantia de oportunidades

Publicidade
Celina Mendes

São Luís, MA. No pleito que ocorre no próximo dia 5 de outubro, o cidadão escolherá, dentre os vários cargos, os senadores que representarão o país no Congresso Nacional. No Maranhão, com o intuito de mudar a política que é exercida há décadas pelo mesmo grupo, foi formada a coligação “Todos pelo Maranhão”, que de maneira unificada buscam eleger o candidato ao governo do Estado, Flávio Dino, e o candidato ao Senado, Roberto Rocha.

Roberto Rocha e Flávio Dino
Roberto Rocha e Flávio Dino caminharam pela Rua Grande em São Luís no início da campanha eleitoral
A unificação da oposição em prol da candidatura não somente ao governo do Estado, mas também ao Senado, demonstra a maturidade política dos partidos que integram a coligação, que compreendem a necessidade que um novo governo terá, em Brasília, por um senador que seja de sua base aliada, uma vez que atualmente, dos três senadores que representam o estado, todos compõem a base do atual governo.

Flávio Dino, que tem percorrido todas as regiões do Maranhão acompanhado do candidato Roberto Rocha, por onde passa ressalta em seu discurso a importância da mudança, também, no Congresso Nacional, colocando no poder o senador que representa a mudança. “O Maranhão precisa voltar a ter senadores que lutem pelo povo maranhense e não apenas que acatem os interesses de um grupo político. Nós queremos mudar a história do governo deste estado”, disse.

Roberto Rocha em suas visitas aos municípios maranhenses, deixa claro que existem dois projetos em disputa. "Nessa eleição só tem dois lados: o que está aí há cinco décadas e mergulhou o estado no atraso, com promessas que nunca são cumpridas e o outro é o que propõe uma mudança, um governo mais justo, um governo para os maranhenses”. Rocha acrescenta. “Eu serei, no Senado, o apoio para essa mudança, na busca de recursos para o Maranhão, para que Flávio Dino traga mais oportunidades para o nosso povo”.

Eleger Roberto Rocha vai muito além do que eleger o candidato da oposição, mas representa a confirmação real do desejo de mudança para o estado, atualmente representado apenas pelo mesmo grupo político, que há décadas impõe aos maranhenses um estado com os piores índices de desenvolvimento, apesar de ser possuidor de inúmeras riquezas.
Publicidade