Roberto dispara com impugnação de Gastão, diz Instituto

Publicidade
Um Conto de Réis

João Estrada Branco, Um Conto de Réis

Saiu a nova pesquisa do DataOxumaré para o senado federal. A pesquisa foi realizada ontem e apresenta o seguinte resultado:

Se a eleição fosse hoje em quem você votaria para o senado?

  • Roberto Rocha: 50%.
  • Marcos Silva: 10%.
  • Haroldo Saboia: 10%.
  • Evan de Andrade: 10%.
  • Gersão: 10%.
  • Brancos, Nulos, Indecisos, Não quiseram opinar: 10%
  • Gastão Vieira: 0%
Questionado sobre o resultado desfavorável ao candidato 171, o tataravô de anjo, Mohamed Tajal Sukoyama, estatístico chefe e dono do poderoso Instituto foi incisivo.

"A candidatura deste senador está impugnada desde ontem pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) seguindo recomendação do T-S-E (Tribunal Superior Espiritual). O suplente está cassado e ninguém registra meia chapa quanto mais dois terços da chapa, fosse dois búzios... Mas esse outro aí (terço) a gente não trabalha, nosso negócio é com o rosário completo", disse.

Sobre os demais candidatos, Sukoyama foi enfático: eles estavam empatados e vão ficar assim até a reta final pois seus respectivos governadores ainda patinam nas pesquisas. "Antes só do que mal acompanhado, nunca ouviu dizer"?

Sukoyama ainda fez desdém de outro Instituto que tentou registrar pesquisa no T-S-E mas foi reprovado. "Aff, querer registrar pesquisa com margem de erro de dois rebanhos abatidos ninguém merece"!

A pesquisa DataOxumaré para o senado federal no Maranhão está registrada no T-S-E sob  número 400.65/2014 e a margem de erro é de dois búzios para cima e dois búzios para baixo considerando o intervalo de confiança de 95% da bola de cristal. Foram entrevistados todos os eleitores por meio de entidades enviadas, ontem à noite.

Acem
O Acem fica atrás da carne do pescoço e abaixo do cupim. Precisa dizer mais?
Ascem
Clique na imagem. Pesquisa reprovada pelo T-S-E foi encomendada por página em branco na internet
Ascem
Entidade é mesmo fantasma e quer concorrer com o DataOxumaré, aparece até no Google
mas se esconde dos eleitores com página em branco, uma assombração para os internautas
Publicidade

Publicidade