PF no encalço de atores, autores e mandantes de vídeo contra @FlavioDino

Publicidade

Todos Pelo Maranhão protocola ação no MPF contra Lobão Filho e blogueiros por falso vídeo


Aline Louise

São Luís, MA. A coligação Todos Pelo Maranhão protocolou nesta terça-feira (23/set) na Procuradoria Geral da República um pedido de investigação da responsabilidade do candidato Edinho Lobão na produção de um vídeo anônimo acusando Flávio Dino de envolvimento em crimes.

A ação judicial da Todos Pelo Maranhão afirma que há elementos factuais que comprovam que Edinho tinha conhecimento prévio da produção do vídeo. A ação também pede para investigar o envolvimento de Gilmar Correa, diretor de Jornalismo da TV Difusora. De propriedade de Edinho Lobão, a TV foi a única a exibir o vídeo.

A ação ainda pede a investigação dos blogueiros Daniel Matos e Marco Deça, ambos funcionários do Sistema Mirante da família Sarney; que contribuíram na divulgação do material. O vídeo anônimo mostra um suposto criminoso, que não se identifica, apontando Flávio Dino como mentor de um esquema criminoso que não é explicado no vídeo.

O vídeo teve péssima repercussão nas redes sociais, o que obrigou o blogueiro Daniel Matos a retirar o vídeo do ar. A Difusora, de propriedade de Edinho, é o único veículo de comunicação do Maranhão a seguir difundindo a denúncia anônima.

A liberdade de expressão, direito constitucional no Brasil, veda o anonimato. Denúncias, como as feitas no vídeo, devem ter um autor. Na ação, a coligação Todos Pelo Maranhão afirma que, se participaram da produção do filme, os envolvidos praticaram falsidade ideológica eleitoral – que pode levar a 5 anos de prisão.

Nota do editor da Aldeia: Blogosfera alinhada com o esquema da governadora Roseana Sarney e de Lobão Filho e ainda a TV Difusora pretende subverter a Constituição. Para estes, o ônus da prova é para quem se defende!


Publicidade