Edivaldo recebe delegações do Festival Internacional de Folclore

Publicidade
Carolina Nahuz

São Luís, MA. O prefeito Edivaldo Júnior, a primeira-dama, Camila Vasconcelos e o presidente da Fundação Municipal de Cultura (Func), Francisco Gonçalves, estiveram reunidos, na manhã deste sábado (13), com a delegação estrangeira que participa do 1º Festival Internacional de Folclore do Maranhão (Festfolcma-2014), evento promovido pelo Comitê Internacional de Organização de Festivais de Folclore (CIOFF), com apoio da Prefeitura de São Luís.

Festival Internacional de Folclore
Edivaldo Holanda Júnior e a delegação estrangeira do Festival de Folclore
Festival Internacional de Folclore
Prefeito Edivaldo Holanda troca presentes com delegações da Colômbia, Argentina e Estônia

Durante o encontro, ocorrido em um hotel da capital do estado, o prefeito Edivaldo e os grupos estrangeiros da Colômbia, Argentina e Estônia fizeram troca de presentes alusivos às culturas dos países e cidades. O prefeito ressaltou a felicidade em recebê-los. “A nossa cidade completou 402 anos e com muita honra e satisfação vocês fazem parte do calendário de nossas comemorações. A vinda de vocês é um valoroso presente para a nossa população, esperamos que esta seja a primeira de muitas”, disse.

O presidente da Func, Francisco Gonçalves, lembrou que foi lançado desafio aos grupos folclóricos para realizarem o festival, proposta que foi aceita e celebrada com o apoio da Prefeitura.

“Este festival é uma oportunidade de implementarmos o intercâmbio cultural, pois entendemos ser o melhor da cultura, bem como uma oportunidade de promover a cultura de paz, uma forma dinâmica de suscitar laços profundos entre os países”, salientou Francisco Gonçalves, ao destacar que São Luís é privilegiada por ter uma das maiores diversidades de grupos folclóricos.

Com indumentárias de dança típica local, os estonianos agradeceram a acolhida na cidade e elogiaram a boa receptividade da população ludovicense. Eles entregaram de presente um kit com vídeo de músicas, uma bandeira e um livreto com informações. Os colombianos, por sua vez, presentearam o prefeito com uma vestimenta ilustrada das cores do país e um sombrero (espécie de chapéu) fabricado manualmente. Os argentinos ofertaram objetos que simbolizam a tradição cultural do país.

Do Grupo de Tradições Folclóricas Raízes Nordestinas, a cearense Poliana Santos parabenizou a gestão municipal pela iniciativa. Segundo ela, São Luís deveria ter sediado bem antes o festival por ser uma capital dotada de vasta diversidade de tradições culturais. Com 29 integrantes, eles vêm desenvolvendo o trabalho de pesquisa folclórica e produção cultural há mais de 18 anos. O grupo está levando nas apresentações xaxado, xote e o coco e também outros ritmos menos conhecidos, como a cana verde (dança de origem portuguesa), o torém (dança indígena), a colheita, o reisado e o maneiro pau.

A Prefeitura de São Luís presenteou os representantes das delegações com uma réplica do bumba-meu-boi, principal manifestação folclórica do Estado, patrimônio imaterial do país.

O Festival Internacional de Folclore prossegue até este domingo (14), sempre às 20h, na Praça Maria Aragão. Como parte da programação, também serão realizados workshops com os alunos da rede pública estadual e municipal de ensino da capital; cortejo da Praça Deodoro à Praia Grande; caminhada na Avenida Litorânea; encontro com produtores culturais do estado e com grupos internacionais e nacionais; baile das nações; entre outros eventos.
Publicidade