Candidato com estória só tem um: é o senador 171

Publicidade
Art. 171 - Obter, para si ou para outro, vantagem ilícita, em prejuízo alheio, induzindo ou mantendo alguém em erro, mediante artifício, ardil ou qualquer outro meio fraudulento. (Código Penal Brasileiro)

Gastão Vieira
Gastão Vieira esconde que faz parte da chapa de Lobão Filho e explora a popularidade de Dilma
Redação

São Luís, MA. No programa eleitoral gratuito exibido na telinha e no rádio é comum o eleitorado ser agraciado com promessas e mais promessas. Promete-se de um, tudo. Também se caracterizam pelos ataques, uns gratuitos e a maioria muito bem pago. Outra modalidade, no entanto, foi lançada no Maranhão na presente campanha, trata-se de tentar mostrar o que de forma alguma foi realizado.

Candidato ao senado federal pelo Maranhão na chapa de Lobão Filho, o deputado federal Gastão Vieira do PMDB afirma em seu programa que solucionou o drama do esgotamento sanitário jogado nas praias da capital do estado, São Luís.

Ele dá como parâmetro, sua passagem pelo Ministério do Turismo na gestão da presidenta Dilma. Ainda alega que construiu obras para atração de turistas em cidades banhadas por rios maranhenses.

O eleitor pergunta onde estão essas obras. De fato, as placas de banho impróprio foram retirados porque trocou-se de laboratório para análise da qualidade da água do nosso mar. Obra alguma de saneamento ou de desvio do esgoto foi realizada por ente administrativo com participação direta ou indireta do Ministério do Turismo.

Para os ataques a este o aquele candidato ou coligação existe o direito de resposta. Mas, para o estelionato eleitoral por enquanto a legislação nada prevê e olhos e ouvidos do eletor ainda são obrigados a assistir a estórias da carochinha.
Publicidade

Publicidade